Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta a um amor

Hoje relendo teus recados, relembrando nossas juras,
Chorei...
Não consigo esquecer a  tua voz forte, sussurrante
Há muito não vejo teus olhares de mares profundos
Há muito não sinto das tuas mãos o calor que me arrepia
Outra vez chorei...
Olhando teus bilhetes
Naqueles retratos rabiscados com beijos
Ainda tem o perfume dos teus lábios
Olho ao redor e vejo anéis de fumaça
Sinto teu cheiro misturado ao perfume nicotinado
Lá se vão as horas...os dias...e meses
E só de lembranças vou vivendo
Lembranças de abraços apertados
Dos beijos sonhados...
Chorei...
Tudo ficou tão distante
Hoje quando olho as cartas que te escrevi
Vejo quanto o tempo é ingrato
Como era bom a inocência
Valia a pena o mistério
À minha volta tudo ficou chato
Tu perdeste a paciência
Chorei...
Nada, nunca foi sério...
Nenhuma palavra
Tudo calor da hora
Emoção que não se grava
Não deixa marcas nem cicatriz aparente
Chorei...
Pela esperança que foi embora
Rasgando e sangrando
E traiçoeiramente
Ao invés de chorar
Eu preciso mentir de sorrir...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 29/05/2005
Código do texto: T20595

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55634 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:39)
Angélica Teresa Almstadter