Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

carta de amor (ll)

Carta de amor (II)

Não posso me conter ao ver seus olhos nos meus,
Pois toda vez que te vejo, me dá vontade de te abraçar.
A cada dia que passa estou gostando mais de você, aliás, acho que dessa vez me apaixonei.
Não consigo tirar seus olhos de meu pensamento, não consigo parar de pensar no seu jeitinho tímido e carinhoso e tudo isso porque Te Amo!
Tudo isso que escrevi foi porque não tenho coragem de te dizer pessoalmente, sei que me acha um tanto criança, mas isso não me magoa, porque não ligo pelo que acham de mim, mas pelo que sou. Do primeiro dia que nós conversamos senti que você poderia ser a pessoa certa, mesmo que goste de mim só como amigo. Saiba que te considero muito. Acho que me apaixonei por você...
Marcos Roberto de Oliveira
Enviado por Marcos Roberto de Oliveira em 02/08/2006
Reeditado em 02/08/2006
Código do texto: T207777
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Roberto de Oliveira
Francisco Morato - São Paulo - Brasil, 36 anos
161 textos (9673 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:56)
Marcos Roberto de Oliveira