Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adeus

      À minha única esperança de vida, seja ela qual for.


Primeiro, não quero que te importes com minha letra, esquece que alguém escreveu isto...

Lembra de quando a gente se conheceu? Desculpe-me, eu não lembro, mas não deve ter sido grande coisa, até porque eu nem te conhecia... O que eu acho que seja uma grande audácia e falta de consideração da minha parte... Como alguém pode viver longe de você? Deve ser muito difícil, não é? Pois é... Eu consegui. Talvez porque não saiba dar valor às amizades que tenho. Espera! Será que eu tenho algum amigo?

"Me dói demais só em pensar em te deixar, e jamais esquecerei o dia em que eu conheci você..."

Eu disse que não lembrava... É verdade. Não lembro. Sendo eu tão besta, gostava de comer pipoca e balançar no parquinho. Nunca gostei de futebol, sempre tive paixão por um lápis e um pedaço de papel... Mas de que me adiantou a vida até agora? Os opostos se atraem. Nós somos muito diferentes... Você tem esperança que nossa amizade continue? Eu tenho. Faz a tua parte.

"...Eu aprendi a te amar, e pensei que seria até o fim, mas sem você perto de mim seguirei meu caminho agora sozinho..."

Eu tive alguém que foi meu maior espelho durante muito tempo. Você. E, agora, deve estar se perguntando: "O que é isso, afinal? Onde você quer chegar?"
Eu sei (não, não sei) que você não tem tempo pra ler algo que fez alguém como eu. Faz só um pouco de esforço.
Já estudamos muito tempo na mesma escola, embora separados. Queria que, hoje, mais próximos, pudéssemos continuar nossos caminhos assim. Você já leu muito do que eu escrevi, não? Deve estar cansado de olhar na minha cara, de ler minhas palavras.
Eu não cansei não, desculpa de novo. Só continuo porque busco um amigo. Não um alguém que esteja a meu lado e isso tudo, mas alguém que vista meus trajes, que saiba me personificar. Não quero uma cópia. Nenhuma cópia é perfeita, não quero a perfeição. Eu quero a mim, pois ainda não tive a oportunidade de estar comigo mesmo. Eu? Não. Você. Só você sabe o que eu digo (eu espero). Brigamos, conversamos. Em momentos desesperados, a única coisa que me veio à cabeça foi ter um abraço teu. E que eu lembre, eu nunca o tive. Se eu estiver errado, me corrija.

"...Me dói demais, meu coração vai sofrer quando eu olhar nos olhos teus, sei vou chorar, ao te dizer ADEUS..."

Por favor, me ajuda, o que está engasgado PRECISA sair, mas eu não confio, peço perdão pela terceira vez. E novamente se eu não lembro das tuas palavras.
Odeio quando você fica OFF sem se despedir, quando eu falo e você não responde, quando em certos momentos eu me emociono e a sua fisionomia continua a mesma.
Já tentei enxugar tuas lágrimas e deixar meu ombro exposto pra você chorar. Com certeza você me consolou em muitas horas, e espero que o faça também ao término da mensagem.

"Se tem que ser, assim será..."

Muito eu não posso escrever aqui, há algo que só você deve saber. Tens ainda algum segredo escondido? Está é uma das últimas chances que poderá dizê-lo a alguém que, eu garanto, é de confiança...

"...Sei vou chorar... Ao te dizer ADEUS!"

Esse adeus não está próximo de acontecer... Não, não está. Por um momento em que algo aconteceu entre nós, pensei que chegaria muito antes do que eu esperava... Mas não aconteceu. Graças a Deus! Só tenho que agradecer a minha vida a Ele por ter me dado o maior tesouro que eu poderia guardar no meu coração: você. Eu te amo, não sei expressar o quanto mede esse amor, mas posso te garantir que é verdadeiro. E que vai durar por muito e muito tempo.
Sei que vamos nos separar brevemente... Somente nossos corpos. Porque nós estamos ligados um ao outro, e não há NADA que possa fazer com que essa amizade não cresça cada vez mais e mais! Nós estamos juntos para sempre, temos muitas alegrias pela frente, somos um grande time... De grandes amigos. Não há o que perder se estamos unidos, iremos conquistar o que se perdeu sem medo dos obstáculos que possam nos aparecer à frente. Caramba... Lembro como se fosse hoje todas as horas felizes que vivenciamos... Viagens, passeios, bagunça no meio da rua... Vou sentir muitas saudades disso tudo. E vou sentir mais saudade ainda, porque sei que não vou estar com você.
Hoje estou do seu lado quando precisas, mas, amanhã? Quem sabe, não é? Espero que possa continuar por aqui... NUNCA vou deixar de pensar em você. Esteja eu onde estiver... E espero que meu nome esteja guardado para sempre como o melhor amigo que alguém pode ter, assim como eu tenho guardado o teu...

Sim, já colamos em provas. Não nego. Já dei muita resposta... Já ajudei muita gente... As provas de que eu preciso não existem... Não concretas, pois tenho tudo no meu pensamento. As melhores pessoas que pude conhecer foi através de você. E agradeço MUITO a isso. Eternamente. Sei muito bem o seu nome. Sei muito bem suas regras. Conheço você mais do que qualquer um. Foi você que me ensinou 99% do que eu sei agora, e, juro, não vou esquecer. Simplesmente pelo fato de que foi você! Alguém tão importante pra mim, não pode sair da memória. Nem que eu queira... Eu não quero.

Estarei próximo pessoalmente, daquele que por algum tempo, foi meu maior inimigo. Mas é a vida... Tenho que aprender a gostar principalmente de quem não gosta de mim, como se fosse uma espécie de... Você. Deu pra perceber que falei isso muitas vezes, não é?

Ainda posso repetir mil vezes, sem me cansar.
Pois só me canso de esperar que você volte
Pois me vou indo, e não sei se vou vê-lo novamente.
Só não quero que se faça perder o que apreciamos
O que, com toda a imaturidade que temos,
Juntamos.

Do que eu não me arrependerei nunca... Sei que essa saudade que do meu peito faz moradia um dia vai passar, e que novamente poderei te encontrar, pois sinto que cada vez mais perto está tua presença de mim. E essa saudade que me mata vai pra sempre terminar, no dia em que nos teus olhos eu olhar... Dentro do caixão, pode ter certeza que você foi comigo dentro do meu coração.

Tchau.
Norberto
Enviado por Norberto em 10/08/2006
Código do texto: T213311
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Norberto
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
36 textos (2799 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:06)
Norberto