Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A alguém ...

Hoje estou feliz, uma felicidade sem fim, sabes porquê, porque respondeste a todas as minhas dúvidas, que eu tinha no meu coração, e sabes mais? eu compreendo-te, embora ás vezes, exploda, duma forma violenta, mas fiquei a compreender-te ainda melhor ... sim amor, é verdade, tu sabes que eu não consigo fingir, que não te amo, e que não gosto de ti, sim é verdade amar-te, um amor sem fim.
Não fiques triste, não tenhas medo que o teu coração, comece a bater, mais depressa do que aqui há uns tempos, não é pecado amar, nem gostar, não tenhas medo de te prender, águas passadas, não movem moinhos, e toda as pessoas têm direito a serem felizes ...
Vida, só temos uma, e temos de a aproveitar, da melhor maneira, amarmos e sermos amados, entregarmo-nos, totalmente, na alma, no espírito e no físico, ai como é bom termos quem se lembre de nós, sem possessão, só a possessão de quem está apaixonado.
Como é bom o nosso encontro, um encontro, cheio de amor, carinho, desejo, e uma tesão sem fim, um extase total...
Os corpos, rolam, amam-se, ficam suados de amor e de paixão, sim é verdade, uma paixão mútua, que não dá para fingir...
E a separação, essa, tão dura é, os momentos seguintes, tão tristes, são embora, com uma felicidade infinita, que os nossos olhos, ficam orvalhados, como o orvalho da manhã!...
Obrigado, Amor, por me teres despertado para a vida, uma vida, que eu tal como tu nunca tivémos, totalmente...
nita
Enviado por nita em 13/08/2006
Código do texto: T215751
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
nita
Portugal
165 textos (11175 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:53)