Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amiga

Amigos

É fácil abrir a boca e dizer ser amigo,
É fácil ligar e perguntar como uma pessoa está,
Se passou o dia bem, se melhorou da gripe,
Por que estas triste...
É fácil, “extremante fácil”, como já dizia a música
Fácil, não é o real
Ser amigo, é sentir aquela dor no peito, de preocupação verdadeira
É participar da vida de quem está ao seu lado,
É viver com ele momentos importantes, tristes...
É estar presente quando ele precisar,
É valorizar a amizade.
Amizade é como Amor eterno, não tem fim
Amizade verdadeira, amigos leitores não tem fim...
Dizer é fácil, repito mais uma vez, viver não é nada fácil,
A casa forte, sobrevive a enchentes, a terremotos...
A amizade forte, real, sobrevive a DISTÂNCIA,
Um grande mal, a SAUDADE!
Talvez a quem ouça, pareça normal
Pareça sentimentalismo exagerado de minha parte
Não, não é!
Uma arma machuca, faz ferimentos,
Mas o tempo passa e a marca some.
A falta de alguém não é bem assim,
Essa ferida só vai sumir, quando esse alguém voltar.
E a ferida da saudade dói mais que uma dor física.
É uma dor da alma, onde chora o coração.
E uma dor maior, que parece não ter fim.
Eu sei por que ela arde em meu peito.
Sei por que ela me enfraquece às vezes,
Tirando lágrimas do meu coração,
Que rolam em meu rosto e morrem em meus lábios, me lembrando mais uma vez como a vida é amarga sem você AMIGA!

Chisaki, te adoro!! Um super bjo da sua eterna amiga!!! Aninha
Aninha de Souza
Enviado por Aninha de Souza em 15/08/2006
Reeditado em 22/09/2006
Código do texto: T216946

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aninha de Souza
Sumaré - São Paulo - Brasil
80 textos (11117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:33)