Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PALAVRAS DE UMA SUICIDA

E se de repente eu sumisse?

O mundo jamais saberia de mim, já que mesmo presente, ningém nota minha ausência.

E se de repente eu cortasse meus pulsos e espalhasse gotas de sangue por toda sua casa?
Ninguém se importaria com meu corpo caído ali, mas com o sangue imundo de minhas veias que escorreram pelo belo piso de granito.

E se uma arma desparasse de minhas próprias mãos na minha cabeça?
Nada.. nem assim se importariam, apenas íam dizer:
Por que morre, nos dá gastos e ainda deixa a bagunça pra gente limpar?


Uma vez me disseram ki eu sou um anjo

Eu sou um anjo! Um belo anjo!

Que anda triste,
Que sente falta de alguém,
Mas Que não quer amar ninguém, além de você!
Por isso estou aqui indo embora.. Voando pra outro lugar

Alguém aceitaria cuidar de mim? não.. ninguém aceitaria
Alguém para me proteger, me fazer sorrir,
me entender, me ouvir?

Alguém?? Há alguém aí me ouvindo?? Ninguém ouve os meus gritos!!!

Eu estou indo,mas sempre estarei aqui como um anjo para te proteger.
Um dia te colocarei sobre minhas asas, te levarei para o meu céu.. somente meu!
Mesmo que ninguém jamais secou as lágrimas ki ousaram cair dos meus olhos, eu secarei as suas!
Te vijiarei em todos os momentos sem que você me veja
Você vai me sentir, eu sei!

Pena que um dia tarde demais irá descobrir que além de anjo
eu sempre fui seu verdadeiro amor!

Estou indo meu bem... voar, voarei do pico mais alto, da mais bela montanha de toda Minas Gerais, e quando eu estiver lá embaixo finalizando o meu vôo, gostaria que estivesse lá, pra sentir e ouvir o meu ultimo suspiro!


Kayalinsk
Enviado por Kayalinsk em 17/08/2006
Reeditado em 17/08/2006
Código do texto: T218309
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Kayalinsk
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
3 textos (292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:21)
Kayalinsk