Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

02 - Ao prezado Amigo

02 - Araçatuba, 13 de agosto de 2006

    Prezado "Amigo",

        Hoje já melhorei um pouco. Parece-me que a tal da 'katia' já se foi. Talvez, caro Amigo, em sua terra ainda não chegou tal termo e para não deixá-lo pensando sobre a tal 'kátia', explico: é a tal da 'margosa', 'marvada'. Da maldosa da cachaça. Entendeu? A tal 'cerva' - cervejinha, também.

        Voltando à última correspondência que lhe enviei, relendo a cópia que tenho comigo, todo problema de minha carta era o sonho - e em pb. Por que, questiono eu, que o sonho não era colorido? (Pelo menos o meu.) Não sei o seu. Até questionamos, naquele último encontro que tivemos, o sexo dos anjos.

        Retornando ao sonho que tive - e que discutimos no nosso último encontro - o que faço eu? Ele está aqui a me perturbar, a me incomodar, a me angustiar... Etc. e tal. Ainda mais sendo em  pb, deixa-me mais descontrolado quando vem à tona! O que faço, prezado Amigo? Você já pensou em uma solução?

        Sei que você não é especialista no assunto - e também nem sei se há especialistas para tais casos - mas pelo que te conheço você já deve ter pensado numa provável e possível solução: a que conclusão você chegou sobre o meu sonho em pb? Psiu: tente imaginá-lo colorido para ser melhor o resultado pra mim.

        Hoje vou parando por aqui, aliás, após a assinatura. Escrevo-te outro dia, outra hora... Quando tiver tempo sobrando (e não adianta você dizer que tempo é o que eu mais tenho...).

        Seu amigo Pece - ainda bem que não é pb.
Prof Pece
Enviado por Prof Pece em 21/08/2006
Reeditado em 17/08/2014
Código do texto: T221471
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Prof Pece
Araçatuba - São Paulo - Brasil, 46 anos
243 textos (25956 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:14)
Prof Pece