Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se me quiseres...


  Estou escrevendo-lhe,pois não sei mais como controlar esse meu coração.Falta-me aquela coragem para expressar tudo o que sinto,mas sei que nesta carta,ao menos uma parcela do meu amor será exposta.
  Tenho medo de machucar o meu e iludir o seu coração.Eu sou um pouco indecisa e tenho dificuldade em demonstrar o que estou sentindo.Este sentimento é algo muito bom e encantador,me hipnotiza,me paraliza,me entontece.Sinto vontade de pular de alegria quando lhe vejo.Me invade uma magia,um impuso maior do que eu.Tento controlar essa sensação avassaladora,mas já é tarde demais para segurar as rédeas da paixão.
  Se acaso não estiver interessado na minha pessoa,peço-lhe para ficar tranqüilo,pois farei um grande e vão esforço para arrancá-lo de dentro de mim.Se não conseguir,com o tempo isso passa,o sangue seca,as feridas cicatrizam,as dores findam,mas infelizmente as marcas permanecem.E essas marcas servirão para simbolizar um grande amor que eu tive e nunca experimentei.
  Todos sinais serão lembranças,apenas lembranças...
                 de um lindo e puro desejo de amar!!!
                                                 
                                                   
                                               Adeus
Noemi Prates
Enviado por Noemi Prates em 28/08/2006
Código do texto: T227093
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Noemi Prates
Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Brasil, 29 anos
98 textos (7987 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:07)
Noemi Prates