Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ventos destinos,soprados a solidão!

Ventos ,destinos, soprados a solidão...
Fito o horizonte,procurando algo.
O vento corta a minha face,
Uma grande angustia invade meu coração,
Minha vontade é de chorar,desabafar,
Mas não sozinho, não mais sozinho...

O destino, mudou o rumo de muitas coisas,
Desviando-me de caminhos certos,
Tirando-me pessoas queridas e amadas,

Ah! Como é tão dolorido a ausência,
De ter que contentar,em ser forte sozinha.
De escutar...”Tudo Passa, tudo passa”

Se ao menos pudesse desejar a minha morte..
Mas nem isto eu posso mais...
Pois tem alguém que hoje depende de mim, aqui.

A melhor coisa a fazer, é colocar uma bela mascara de “tudo bem”,
Para agüentar mais um dia de vida.

Momentos de desabafo,

Eu, verme miserável,
Pekena Rosa
Enviado por Pekena Rosa em 03/10/2006
Código do texto: T255369
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pekena Rosa
Jacareí - São Paulo - Brasil, 42 anos
82 textos (8529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:08)
Pekena Rosa