Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Você entrou em minha vida, por mera coincidência
E hoje os segundos que ficas calado pela distância fazem-me te amar mais, na querência e desejo de viver essa vida que Deus deu-me... 
Ao teu lado, planeando o todo de forma não muito concisa deixando o acaso operar por vezes, e assim desfrutar dela juntos, sem ter medo de sofrer, e que venha o que vier, pois juntos esfrentaremos terra e mar, céu e inferno....
Mas que acima de tudo com a certeza tudo o que queremos é de facto estar, olhar, vislumbrar o quão sublime são os dias, as noites, as madrugadas...
Ensinaste-me mais uma vez a arte de amar, o conceito inerente ao que vem a ser realmente amar, em contra partida e consequentemente sentir a inquietude do que é ser amada... 
Deste-me  o chão que eu não tinha, 
Consolidaste  a maturidade que faltava-me, 
O amor que precisava, 
Proporcionaste-me as palavras mais belas de um sábio do amor...
Hoje aqui a tentar retribuir este amor, 
porque acredito e sinto que o amor que sentes é infinito, 
de forma que o sentimento que sai deste coraçãozinho é grande e sincero por ti.
Esta não vai ser a última declaração que irei fazer...
Mas sim a primeira de muitas que viram de dentro de mim, e que um dia quando pertimnho estiver
ira escutar dos meus lábios mais do que palavras...
E ira sentir o gosto dos meus Beijos.
Tudo isso porque  Amo te com toda a força do meu ser....
 
Carolzita
Enviado por Carolzita em 04/10/2006
Reeditado em 04/10/2006
Código do texto: T256480

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Caroline Silva). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carolzita
Portugal, 42 anos
453 textos (61659 leituras)
5 e-livros (749 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:14)
Carolzita