Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SINCERO OU SUPERFICIAL?

Como anda as tuas palavras?

Você é daquele que sai dizendo que “ ama a tudo e a todos”?

É daquele que sai dizendo chamando o outro de “Irmãozinho”, ou “ Irmãzinha”

Você tem a real noção do que você esta chamando e pedindo?

Por que é fácil, chamar por conveniência, uma pessoa assim. Mas apenas na superficialidade.

Mas muitas vezes não imaginamos o quanto podemos magoar muitas pessoas, agindo e vivendo na superficialidade.

Você não imagina quanto é dolorido, você acreditar numa amizade, acreditar nas palavras que dizem, mas nas suas costas, não te querem perto.
Não vêem a hora de você ir embora,você se torna persona no grata.

Isto esmaga a alma,tritura o coração,dói que fica uma ferida enorme.
Acaba deixando-nos incapazes de acreditar nas outras pessoas.

Acredito que meu mal, é acreditar ainda nas pessoas.
Se tu tem algo que me traz algum beneficio, ai, sou interessante.

Ora sou um expert na teologia, ou na filosofia, ou nas leituras, ou nas
Obras que costumo a ler...não importa...se a pessoa pode me trazer algum beneficio, fico, perto, ate o momento em que não me sirva mais.

Isto é pior do que um tapa na cara.
Acabamos sendo usados como um eletrodoméstico.
Usados..friamente a calculadamente...usados...

Eu não sou assim, e por isto sofro..eu amo, como a pessoa é...para mim..
Se me aproximo, é com todo o carinho e atenção...em fazer uma bela amizade.
Que não seje superficial, mas que seja verdadeira,para viver por toda a vida,
No momento de alegria ou na tristeza.

Por que amigo, não é só para os momentos felizes,
Mas é para aquele momento, em que não sai nenhuma palavra
Onde se cala a alma...e só o coração diz...as palavras...

È estou quebrada por dentro...só Deus sabe.
Não convem dizer nomes...
Deus sabe...apenas ele e quem aki, ler e se achar, no meio destas palavras.

Por isso, cuidado com suas palavras...cuidado...
Não vá machucar uma pessoa, pode parecer fútil, mas também
Você pode estar matando uma alma.

Desabafo de minha alma – parte II -2006
Pekena Rosa
Enviado por Pekena Rosa em 21/10/2006
Código do texto: T270077
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pekena Rosa
Jacareí - São Paulo - Brasil, 42 anos
82 textos (8511 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:06)
Pekena Rosa