Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Medo da verdade!

Toda vez que me deparo, em meio as palavras
Fico a pensar, em que consiste a amizade.

E vejo o quanto meu coração fica atribulado,
Entristecido...chateado.

Não sei mais ate que ponto as pessoas são verdadeiras,
ou sobrevivem por conveniências.

Temo em querer descobrir.

Temo, por que meu coração é inocente demais.

Temo, por que a realidade, pode não ser tão bela!

Quanto finjo acreditar ser.

Se as pessoas que estão a minha volta são verdadeiras, ou agem por conveniência?

Bem,como já disse...melhor nem querer descobrir!
Pekena Rosa
Enviado por Pekena Rosa em 21/10/2006
Código do texto: T270089
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pekena Rosa
Jacareí - São Paulo - Brasil, 42 anos
82 textos (8511 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:07)
Pekena Rosa