Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O COVARDE

Você que se esconde no anonimato,

e de maneira desrespeitosa,

invade o meu profile

e usando de disfarces e mascaras;

parasita em minha vida.

É desumana e monstruosa,

a perversidade de tuas ameaças,

a tua atitude antipática e canalha.

Uma víbora agindo por cobiça,

um débil alucinado,

de caráter disforme...Destruidor.

Abusando de minha amizade,

com teu fingimento...Covarde!

Apresente-se poltrão, medroso,

pois minha autodefesa é tua morbidez,

tua covardia deixa rastros,

um enorme agravante no teu caso,

então seja feliz de outra maneira,

não insulte a minha inteligência.


Fernanda Gui
Enviado por Fernanda Gui em 27/10/2006
Reeditado em 12/12/2006
Código do texto: T274839
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Gui
São Paulo - São Paulo - Brasil
92 textos (8073 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 17:08)
Fernanda Gui