Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

*** A OUTRA ROTA ***

SEGUINDO MEU CORAÇÃO... PERCORRI CAMINHOS OBSCUROS,
POR ONDE FRAGMENTOS DE MIM FICARAM ESPALHADOS.
MINHA DOR TEM UM ROSTO... UM CORPO... UM NOME...
MAS NÃO POSSUI ALMA, MUITO MENOS CORAÇÃO.
SEGUINDO MEU CORAÇÃO... CHOREI NOITES INTEIRAS,
OUVINDO REPETIDAS VEZES SUAS PALAVRAS ARROGANTES,
SENTINDO SEU DESCASO... SUA INDIFERENÇA...
SENTINDO QUE ERA APENAS MAIS UM NA MULTIDÃO.
NÃO BASTAVA TE AMAR... TINHA QUE SOFRER,
TINHA QUE PAGAR POR PECADOS QUE NÃO COMETI,
ERROS DE UM PASSADO QUE ACREDITO QUE AINDA NÃO ESQUECEU.
SEGUINDO MEU CORAÇÃO... NÃO QUIS ENXERGAR A VERDADE,
NÃO QUIS ENXERGAR QUE NADA ERA PARA VOCÊ,
E SUA OPINIÃO SOBRE MIM, SOBRE MEUS ATOS E COMPORTAMENTOS,
APENAS DESCLASSIFICAVA-ME...
REDUZINDO-ME A UM PALHAÇO NESSE ESPETÁCULO.
SEGUINDO MEU CORAÇÃO... ESPEREI POR VOCÊ,
MESMO QUE SOUBESSE QUE NÃO FAZIA QUESTÃO NENHUMA.
DEIXEI PELO CAMINHO FRAGMENTOS DO QUE PODERIA SER,
DO MELHOR QUE PUDESSE SER DURANTE UM ANO INTEIRO...
E AGORA, RESTA-ME APENAS ESSE VAZIO;
QUE NADA COMPLETA...
MAS SEI QUE ESTAR PRÓXIMO DE TI É MINHA ÚNICA PERDIÇÃO.
SEGUINDO MEU CORAÇÃO... TENTEI ENXERGAR ALGO BOM EM TUDO,
EM VOCÊ, EM SUAS PALAVRAS, EM SEUS ATOS E ATITUDES,
MAS SINCERAMENTE,
TODOS SABIAM O QUE NÃO QUERIA REALMENTE SABER.
QUE MESMO SENDO IGNORADO... DESPREZADO...
AINDA ASSIM, ALMEJAVA ENCONTRAR EM VOCÊ ALGO ESPECIAL,
ALGO QUE FASCINAVA-ME... SEDUZIA-ME... ENCANTAVA-ME...
AO PONTO DE NÃO QUERER ENXERGAR A VERDADE.
NÃO ERA NADA PESSOAL... MAS VOCÊ CONTINUAVA IMPASSÍVEL,
INTOCÁVEL EM SUA VIDA PERFEITA, ARROGANTE; COMO SE SOUBESSE E COMPREENDESSE-ME MELHOR A CADA DIA.
E NA VERDADE, DIANTE DE SUA IMAGEM ADORADA...
FIQUEI COMPLETAMENTE OFUSCADO POR ALGO QUE IMAGINEI EXISTIR
MAS QUE COM CERTEZA VOCÊ NÃO POSSUI.
SEGUINDO MEU CORAÇÃO...
CHOREI POR VOCÊ MINHAS ÚLTIMAS LÁGRIMAS,
AQUELAS QUE SELARAM MINHA ÚLIMA CENA EM SUA VIDA.
LÁGRIMAS QUE AGORA SERÃO UMA LEMBRANÇA...
E MEU ALICERCE PARA MANTER-ME LONGE DE VOCÊ,
DE SUA ARROGÂNCIA... DE SEU DESAMOR...
LEMBRANÇAS DE UMA ESTÓRIA QUE DEVERIA TER CHEGADO AO FIM,
MAS QUE INSISTIR EM PROLONGAR...
INSISTI EM ADIAR O INEVITÁVEL.
SEGUINDO MEU CORAÇÃO FICARIA SOB SEU DOMÍNIO,
SUJEITO A SER RIDICULARIZADO... HUMILHADO...
A CONTINUAR SENDO O GRANDE ARTISTA DESSE ESPETÁCULO MACABRO, ONDE NADA SOU... FUI... OU SEREI!!!
SEGUINDO MEU CORAÇÃO...
PERDI SEGUNDOS DE UMA VIDA,
CORRENDO ATRÁS DE UM FANTASMA... DE UMA ILUSÃO...
DE ALGO QUE NUNCA VIRIA A CONQUISTAR.
HOJE, DIANTE DESSAS LEMBRANÇAS DOLOROSAS,
BUSCO UMA OUTRA ROTA,
QUE LEVE-ME PARA LONGE DE TUDO,
PRINCIPALMENTE LONGE DE VOCÊ.
E ASSIM, PROCURO OUTRA ROTA... OUTRO DESTINO...
PARA MEU CORPO CANSADO, ESGOTADO, MAS ALIVIADO.
NÃO SINTO-ME LIVRE...
MAS APENAS O TEMPO PODERÁ LIBERTAR-ME DE VEZ,
DESSE MALDITO SENTIMENTO QUE MANTEVE-ME PRESO À VOCÊ,
AO SONHO QUE FOI DESTRUÍDO,
E DO QUAL HOJE RESTA APENAS RUÍNAS.
MAGNUM
Enviado por MAGNUM em 31/10/2006
Reeditado em 31/10/2006
Código do texto: T278336

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MAGNUM
Estados Unidos
43 textos (7409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:10)
MAGNUM