Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sonhos só são bonitos enquanto são sonhados?

   Elen, puxa, uma coisa: eu escrevi uns textos pra ti, como umas cartas, umas seis páginas e apaguei tudo. Apaguei por quê não pareciam palavras de verdade, pareciam, sei lá talvez, um produto de mesquinhez minha... Por quê, eu troquei a mensagem que queria te passar, pela beleza das palavras. E sabes, entendes que nem sempre as palavras e os termos belos são os que dizem a verdade, são raras estas vezes em que acontece. Já ia te pedindo desculpas, mas antes de cometer o erro, eu o abortei; feliz foi a minha ação...

   Numa madrugada eu estava com uma felicidade a mais no sorriso. Meu sorriso não é bonito; minha felicidade sim. A tua me é mais bonita que meu sorriso e minha felicidade unidos, quem sabe talvez sejam os mesmos: tua felicidade seja o meu sorriso e felicidade... Tu que te contentas com coisas pequenas, não é? E eu, somente com coisas maravilhosas, como o presente que me dás quando abre teu sorriso – me faz bem – é bonito.

   Pensei na mesma madrugada, o que faço acordado? Disse a mim mesmo: “– Ela não me deixa dormir, que maravilhoso”.Dizer que eu te gosto é eufemismo de dizer que te amo, é tão maravilhoso quanto, pois, se dito olhos nos olhos se equivale a uma declaração de amor, tão sincera quanto qualquer demonstração ou prova do mesmo. Entretanto, há uma coisa que não sei, veja, diz-me o que é uma prova de amor. Pois, não sei, sempre pensei que o amor não pudesse ser avaliado nem sei como isso eu faria; talvez a prática julgue um amor verdadeiro.

   Uma prática sincera, que se pareça mesmo com a proposta de quem ama: a de amar. Daí a saber o que é amor, é um passo mais longo e trabalhado. Talvez o “interesse desinteressado” seja amar. Então me diz: o que é uma prova de amor? Tenho que te fazer tal? Dizem que uns aos outros fazem os namorados. Talvez se eu o fizer, tenha mais chances contigo, tenha este sonho mais perto de mim... As coisas que desejamos parecem sempre mais próximas quando damos um grande passo: óbvio! Creio que no horizonte (observe quando vir o mar), o céu é quase no nível do mar.

   As pessoas sonham, amor. Sonham tanto que tornam aquilo que visam, a primavera de si mesmas, por vezes, florescem por nada... Pois, os sonhos só são bonitos enquanto são sonhados. Quem vê, como disse, o horizonte no mar – se considerares este horizonte um sonho – verás claramente que, mesmo, o céu parece mais próximo do mar. Parecem duas linhas paralelas a meio palmo uma da outra, assim, as pessoas pensam que na realização do seu sonho, chegado ao seu objetivo, as coisas serão muito fáceis. Será o destino do nosso amor? Será que tudo será mais fácil? Ou será um sonho que só é bonito agora?

Andrié (Não honrado o suficiente para usar teu sobre nome), carinhosamente, para Elen Keller.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 04/11/2006
Código do texto: T282061

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:34)
Andrié Silva