Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTA DE AMOR V

Querido Amor:

Há tanto tempo que eu não te via, há tanto tempo que te espero e ontem, ao te rever, depois de muito esperar, senti-me feliz e, ao mesmo tempo, triste ao notar reacender-me o antigo amor.
Mas tu nem me notastes e, em meio à multidão, eu te vi passar ao meu lado e não encontrei forças para gritar teu nome.
Eu esperava que, naquele instante em que te vi, nossos olhares se encontrassem. Imaginei ver-te correndo para mim e abraçar-me. Tola ilusão. Fui eu quem sentiu vontade de correr para os teus braços, mas lembrei-me de que um dia tu me desprezaste.
Agora, tudo em mim é solidão. Tu não passas de um sonho que para sempre viverá no meu coração.
Terá sido o teu regresso ou o meu? Nem sei, talvez o teu regresso seja um sonho impossível que ainda acalento. Só sei que descobri ainda te amar.
Despecial
Enviado por Despecial em 12/11/2006
Código do texto: T289594
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Despecial
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
352 textos (17197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:02)
Despecial