Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Cartas não tem Títulos

Oi

Espero que esteja bem.

Lembro-me quando lhe acompanhei até o aeroporto, embarque 24:00 horas, portão 3, destino: para longe de mim.
Eu poderia ter feito um escândalo, amarrado o Zepelim com minhas veias, usado como âncora o meu coração. Bastava um Sim que não ouvi, pois tentava tapar os ouvidos para não receber seus insistentes nãos.
Melhor a ilusão, melhor a ilusão de um talvez, que de vez uma negativa, finitiva postura, definitiva finalização.
Mas o senhor Tempo passou, e mesmo não querendo, foi me mostrando o óbvio; sua viagem era somente de ida.

O motivo desta missiva é lhe dizer para que se tranquilize. O coração partido já foi remendado e preenchido com uma singela transfusão de amor. Bate tão contente, tão feliz, que se sentia miseravelmente avaro, em lhe deixar com um sequer segundo de culpa por meu sofrimento, ou por nossa separação.
Não fosse o terremoto, seguidos de um furação e um maremoto, que foi a sua presença em minha vida, não estaria eu preparado assim, para amar assim pelo resto dos meus dias, este novo amor antigo, que me é azul diamante. Diamante que sempre esteve aqui, bem perto, mas as crostas de dúvidas e desvios de energia não me deixavam dar-lhe minhas vistas.
E é por saber também do seu grande valor que lhe escrevi. Venho como quem dá uma polida em preciosa gema, para que brilhe e receba o valor merecido; se precisar sabe que posso ser seu generoso avalista, testemunha da preciosidade que lhe incrusta.

Mas estou louco mesmo é para te contar uma nova:

Meu coração já não sofre, bate igual, mas agora Brilha!



Sejamos felizes, assim, para sempre.


CarlosVMuniz
Enviado por CarlosVMuniz em 19/11/2006
Reeditado em 19/06/2007
Código do texto: T295522
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CarlosVMuniz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 52 anos
432 textos (24051 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:53)
CarlosVMuniz