Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aos meus filhos


Curitiba, 03 de maio de 2006


Queridos filhos.

Como estou me preparando para uma longa viagem e ela envolve mais riscos que as costumeiras, decidi deixar para vocês essa carta, caso  eu não retorne para dizer pessoalmente o quanto vocês foram - e são - importantes em minha vida.
Quero deixar bem claro para vocês: L., S. e L. – que a partir dos respectivos nascimentos, a minha vida passou a ter um novo sentido. Todos os objetivos que eu tivera anteriormente ficaram para segundo plano. Vocês passaram a ser a prioridade em todos os meus atos. É claro que ainda busquei  estudos, aperfeiçoamento, melhoria em vários aspectos da vida, mas tudo isso apenas complementava o principal.
Mesmo após vocês partirem em busca de seus objetivos, de longe eu continuava a querer monitorar – mesmo que só em pensamento – tudo o que lhes acontecia de importante. A presença física – embora importante, não era a única forma de me manter unida a vocês.
Provavelmente em muitos momentos eu extrapolei essa prerrogativa de mãe e tentei determinar alguns rumos de suas vidas, mesmo depois que vocês se tornaram independentes. Peço que me perdoem os excessos, embora bem intencionados.
        Depois que o pai de vocês partiu, mais e mais sentí-me ligada a vocês, pois nossas histórias estão indelevemente entrelaçadas..
Quando eu me for –  no dia que Deus tiver determinado, quero que saibam que  irei feliz. Embora minhas escolhas terrenas não me tivessem dado a oportunidade de ser mãe, Deus, na sua infinita bondade, supriu essa falha, colocando no meu caminho três filhos maravilhosos. Tenho orgulho de cada um, que, dentro de suas especificidades souberam completar a minha vida. Vejo, em todos, qualidades especiais. Comparando com filhos de  outras mães, sempre fiquei em vantagem. É claro que tivemos alguns pequenos problemas, mas nada que tirasse o brilho da personalidade de cada um. E partirei feliz por ter desfrutado, nesta vida todas as alegrias e realizações de uma verdadeira mãe. Sinto que deixei minhas marcas neste mundo, que cumpri uma missão especial, contribuindo para a formação de filhos centrados, corretos, esforçados, capazes de se relacionar bem com os outros e de construir uma família bem estruturada, orientando seus própris filhos, atuais e futuros, para o bem e para o sucesso.
Gostaria que lembrassem de mim com alegria, na certeza que estarei bem e que continuarei acompanhando suas trajetórias e a de seus filhos,  minhas(meus) queridas(os) netas(os), de onde estiver.
Com amor incondicional
Mamis

Serelepe
Enviado por Serelepe em 19/11/2006
Reeditado em 30/11/2006
Código do texto: T295735

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Serelepe
Curitiba - Paraná - Brasil
552 textos (36115 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:41)
Serelepe