Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As pirações do meu amor (para o meu amor)

Eu te amo. Te amo de verdade. E é lindo.

Lindo porque não é mais amor ingênuo, inocente, passional.

Lindo porque é sentimento tão puro e verdadeiro que me permite questionar. Tenho tamanha segurança no que sinto, que posso duvidar do que sinto.

Dá para entender?

Posso me dar ao luxo de não responder  “também de amo” , quando você diz que me ama. Como você faz, do alto da sua maturidade.

Pois bem. Estou chegando lá. E é lindo.

Lindo não me cobrar que te amo a todo instante. Por que me cobrar, se realmente te amo a todo instante?

Lindo porque não preciso convencer-te que te amo. Se crê ou não que te amo, que me importa, se realmente te amo?

Eu te amo. E este pode ser o início do fim... Como aquele papo de morte, sabe? Onde começa, onde termina, o que começa e o que pode estar terminando.

Então, pra quê preocupar com tudo isso? Afinal, eu te amo e é eterno e é lindo.

Eterno? Significado disto?
É que me parece te conheço a vida inteira, outras vidas, muitas vidas.

Lindo porque seu amor me fez ver que meu amor por você pode ser só meu, pessoal e intransferível.

Lindo e indefinidamente lindo!

O que é isto?
É que eu te amo.
E isto é simples.
É simplesmente lindo.

DD
Giovana Damaceno
Enviado por Giovana Damaceno em 20/11/2006
Reeditado em 20/11/2006
Código do texto: T296850

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Giovana Damaceno
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
106 textos (7954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:04)
Giovana Damaceno