Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À você que me escuta IV

Pare!
Silencie! Pare tudo! Pare para ouvir os sons que tocam ao teu redor.

Ouça!
Ouça a voz da tua alma, teu coração. Ouça o que ela tem a dizer à você. Ouça o que os outros tem a dizer à você. Procure conselhos em quem você confia de verdade.
Ouça! Ouça o que as flores falam com suas cores, as estrelas com suas luzes, a lua com suas canções, a mulher com seu coração.

Pense!
Amanhã é tempo de pensar. Hoje talvez. Pensar em mim, pensar em você.
Tempo de descobrir o que existe dentro de você. Hoje você já fez alguém feliz? Ou fez sofrer?
Pense! Pense em tudo o que você fala. O que vai dizer a alguém. Pense no que já disse. Pense no que você sente, no que vai dentro de você.

Olhe!
Olhe ao redor de ti. O que você vê? Vida? Morte? O que você vê? Uma vila no sopé da montanhas? Flores agarradas ao cimento de uma escada, um caminho? A rosa de sarom? Rosa dourada? Amada?
Olhe para seus amigos, veja onde estão, onde ficaram. Ainda são seus amigos? Se não te procuram mais, quem sabe escreve uma carta eletrônica, dê um telefonema. Faça uma visita.
Busque na memória teus queridos. Aqueles à quem ama. Os vivos. Os mortos. Todos eles. Onde estão? Ainda em teu coração? Ame-os!

Caminhe!
Você ainda está te procurando. E sei que procuras fora de você. Tens procurado a felicidade nas coisas, nas estrelas, na flor da noite, na flor da manhã. Na lua morena, na lua dourada. Não vais encontrar nada ali. Também não vais encontrar o que buscas enquanto estiverdes perdido dentro de você. Por isso caminhe para dentro de você. Talvez você nunca saiu de dentro de você, mas perdeu-se em teu interior, em algum lugar onde andaste, em algum canto escuro.
Caminhe! Procure você ali, dentro de você.
Ali também encontrarás a felicidade. Vá devagar. Com cuidado. Mas caminhe!

Ore!
Eleve teu espírito ao céu, para junto de Deus. Ele te criou, te conhece, esquadrinha teu andar e teu chegar, abraça-te por detrás e por diante, sabe quando te levantas, quando estás sentado. Ele sabe quem você é, e mesmo assim te ama. Ele deu à você tudo o que tens.
Ore! Faça uma oração por ti, por mim, pela vida, pela felicidade. Se você não sabe como fazer, feche os olhos e deixa teu coração falar com Deus. Ele entenderá tudo o que tens à dizer. Navegue nos braços do Espírito de Deus com teu espírito e deixe-se levar para o infinito de luzes que flui da paz que só Ele tem.

Sonhe!
Os sonhos são o ópio que nos fazem viajar para a imensidão dos mares, dos céus, das vagas florestas. Sonhe, como sonha uma criança. Sem medo, sendo você. E deixe pulsar a alegria. E deixe pulsar a ânsia de voar para o infinito azul em busca do imensurável, do indescritível, da quietude da alma, da paz e da grandeza que só conquista quem veleja nas asas do sonho.

Acredite!
Tenha esperança. Acredite que a luz sempre vai brilhar. Acredite que a estrela querida sempre estará lá no céu, brilhando para você. E mesmo que o céu fique tão longe, acredite que pode tocar a estrela, mesmo que teus pés continuam na terra. Acredite, mesmo que tudo pareça impossível. Mesmo que saibas que nunca nesta vida teus dedos tocarão a flor do jardim dos sonhos, acredite!

Chore!
Deixa as lágrimas rolarem em teu rosto e com elas toda a dor, todo o sofrimento, todo sentimento de tristeza que até hoje varreu tua alma e feriu teu coração. Chore por tudo o que perdeste, pelo que não conquistaste, pelo que sofreste, pelo que fizeste sofrer. Chore! Chore pelas perdas, pelas guerras que construíste, pelas derrotas,
fracassos, doenças. Chore por tudo aquilo que te leva na tristeza. Faça tudo isso sair de dentro de ti com tuas lágrimas de sangue, derramadas no mar da imensidão de sentimentos que cultivas dentro em teu coração.

Lute!
Não desista nunca de teus sonhos, teus ideais. Procure dentro de você o que te é mais importante e lute por isso. Somente por isso. Lute pela causa da tua vida. Pois se você desistir, se você perder essa luta, só você vai morrer. Os outros ficarão para chorar a tua morte,
mas a vida, você a perdeu. Lute! Veja as prioridades, reveja atitudes, caminhos trilhados, caminhos a trilhar. Lute! Faça das pedras do caminho escadas para alcançar teus sonhos. Olhe para o pico da montanha. Caminhe para lá, olhando para o alto, para a rosa que tem suas raízes bem fincadas no sopé da montanha onde nascem flores.

Lute!
Eu também vou lutar!!!!
Maria
Enviado por Maria em 23/11/2006
Reeditado em 02/12/2006
Código do texto: T298983
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4553 textos (186041 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:40)
Maria

Site do Escritor