Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MARCO-AURÉLIO

MARCO-AURÉLIO.


Carta para um Pastor Evangélico.


Ave César!









Roma é tua, pois conquistaste com a tua sabedoria e a bravura dos Césares.
Também conquistaste a amizade e o respeito de um povo desconhecido, assim quando contraíste núpcias com a princesa Nica I, oriunda das terras do sul, onde te estabeleceste com as tuas temíveis legiões.
“Allia Jacta Est”! A sorte está lançada, contudo terás de manter a paz em teu reino, não somente o teu reino geográfico conquistado, mas sim, também o teu reino espiritual.
Ponha a tua sabedoria existencial, aquela conquistada em tuas meditações, a serviço dos teus semelhantes.
Pois só assim, alargarás os teus reinos e acabarás de conquistar também o reino inescrutável para onde todos nós, um dia, iremos de forma irrecusável.
Sei que tu já estás nesse caminho, entretanto, eu quero te informar que ele é apenas um caminho.
Por isso terás que conquistar auto-estradas mais amplas de entendimento, a fim de veres com maior profundidade os grandes mistérios da vida.
Estamos neste planeta de uma forma itinerária, purgando os nossos defeitos, para que, possamos num futuro transcendental, viver a vida realmente espiritual numa plenitude total e inefável.
Tu sabes perfeitamente que eu não sou um homem de freqüentar templos, o meu templo está dentro de mim mesmo.
“O reino de Deus está dentro de vós”, e o meu altar é este universo onde eu vivo. Local em que, ofereço agradecendo todos os meus dias a Deus.
Eu sou assim, Deus me fez assim, por isso, ele me quer fora das religiões organizadas e institucionalizadas, para que eu possa ter conhecimento mais completo sobre Ele.
Eu não aceito intermediário para o meu encontro com Deus, somos um só, foi isso que aprendi com a minha completude existencial.
Um dia, entenderás do que hoje te falo, não há padres, pastores, preceptores ou gurus que possam me sintonizar com Deus, eu é que tenho de me sintonizar com Ele.
É assim que Ele quer.
Se dependesse das religiões o mundo seria um paraíso, entretanto, quanto mais religiões aparecem, mais a humanidade fica órfã de Deus.
Alguma coisa vai mal nessas religiões, pelo visto elas não satisfazem as necessidades subjetivas do homem.
Inclusive algumas delas, pregam o Deus vingativo e punitivo, em vez de pregarem o Deus imanente em cada um de nós, cheio de amor e compreensão para com a sua própria criatura.
Deus não castiga e se fizesse isso não seria Deus, o homem é que inflige a si mesmo o castigo.
Não sou um filósofo ou um sábio, espero que tu sejas sábio, pois tu és um Marco - Aurélio, este nome que escolhi para ti foi por força de uma premonição, teu nome me foi iluminado do alto.
Por isso tu tens uma grande responsabilidade, a de ser meu descendente e um dos representantes de Deus aqui na terra.
Que Deus infinitamente sábio te ilumine, a fim de um dia poderes intuir com individuação, a verdadeira essência Dele: absoluto, Onipotente, onipresente, onisciente, transcendente, puro amor, é a isso que chamamos de Deus.

Eráclito Alírio.










Eráclito Alírio da silveira
Enviado por Eráclito Alírio da silveira em 28/11/2006
Código do texto: T303719
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eráclito Alírio da silveira
Imaruí - Santa Catarina - Brasil, 74 anos
889 textos (135275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:08)
Eráclito Alírio da silveira