Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hering,

Hering,

Peço que leiam a minha carta na íntegra. Acho que vale a pena.

Venho a vós conscientizar algo que vem me aflingindo a alma faz algum tempo. Tenho percebido, como comprador que gosta muito da qualidade e tem respeito pela sua marca, que a qualidade dos produtos  que vocês vendem tem sido mantida. Mas venho percebendo também uma troca na atitude da marca de vocês quanto ao seu intuito original. Lembro-me que no início a Hering vendia roupas básicas. O que sempre adorei, pois, como muitos outros, não sou muito a gosto de camisas estampadas e de demais firulas que se apresentam atualmente no vestuário a venda por aí. Não objeto a sua escolha por difercificar e vender roupas mais "sofisticadas" alcançando um público maior com isso, mas tenho que demonstrar minha aversão ao que se tem sido feito.

Atualmente, percebo, como comprador e como designer, que a marca de vocês está começando a adotar um comportamento tão natural às outras marcas atualmente. Hoje não só pago pela camisa de malha básica da Hering, como pago também pelo "status" de usar uma camisa Hering.
Tenho ficado triste pelos preços elevados que vocês tem atingido com tal comportamento, que é o que eu vejo. Não tenho conhecimento de encarecimentos na sua produção, mas tenho que manifestar minha opnião, mesmo que ninguém a leia. O produto de vocês sempre foi básico, aquelas camisas básicas que são vestidas e vão bem com qualquer outra peça de roupa. Mas creio que com um considerável aumento de preço não me seja mais possível comprar como antes comprava. Creio que tal comportamento da marca se dá pelo status. Posso estar errado, e provavelmente estou, mas peço que se for por essa razão que as suas peças tem aumentado de preço, que seja revisto um modo de reverter o processo. Antes que ele se torne irreversível. E, então, a Hering passe a ser comercializada pelo status e não pela qualidade das roupas básicas a que se propõe vender.

Sempre achei um despropósito comprar uma camisa de malha que custa algo em torno dos 50 reais em lojas de "marca". Confiando sempre a vocês o meu voto de compra das "básicas". Peço, muito mais como consumidor que estima a sua marca, que não se tornem tal tipo de marcas. Aquelas que só por causa de seu status deixa-nos como que idiotas ao pagar preços absurdos por peças básicas.

Grandes estimas,

Leandro Diniz E silva.
leandroDiniz
Enviado por leandroDiniz em 03/07/2005
Código do texto: T30639
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandroDiniz
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
260 textos (273042 leituras)
3 e-livros (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:54)
leandroDiniz