Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta ao meu pai



Boa noite, pai!

Espero que tu estejas bem em tua morada celestial.
São quatro anos desde a tua partida.Eu nem cheguei a tempo da despedida.

Tu foste a pessoa que eu mais amei neste mundo.
Nunca te falei isto, pois eu era igualzinha a ti, amava em silêncio.Achava que os atos substituíam as palavras.

Nossa convivência durante vinte e cinco anos não foi muito fácil,diz o ditado popular “dois bicudos não se beijam”...
Eu sempre tive muito orgulho de ti, da tua honestidade, do teu amor ao trabalho, tua cultura adquirida pela leitura.
Lembras que me disseste que fugiste da escola no quarto ano?

Apesar disso, pai, sempre valorizaste a educação.Teus filhos precisavam estudar...
Eu estudei por ti e por mim mesma. Sempre fui teu motivo de orgulho, a filha exemplar.
Meus atos até hoje são norteados por teus ensinamentos.

Pena que brigávamos tanto.Só depois que sai de casa, eu dei-te um beijo.Tu também mo deste.

Eu tinha tanto medo da tua morte.Não saberia como enfrentar a tua partida.depois que tiveste o AVC, fui acostumando-me com a idéia que teu fim estaria próximo...

Foram mais três anos, onde tua alma ficou aprisionada num corpo inerte.Nós dois descobrimos uma comunicação muda durante este tempo.Foram dias difíceis para ti, para a mãe e também para mim.

Lembro da noite de 3 de dezembro de 2002, quando Marlene chegou no quarto com os olhos vermelhos.Eu nada disse.Olhei para ela, sacudi a cabeça e entendi.tinha chegado a tua hora...Partiste!

Amanhã , fará quatro anos...tenho saudades de ti, mas sei que estás bem com os seres celestiais que te cuidam e te amparam.

Espero que tu tenhas perdoado as minhas brigas contigo, assim como eu perdoei as tuas.
Descanse em paz!

Até breve, pai!U m dia, nós estaremos juntos outra vez!

Beijos da tua filha,Denise
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 02/12/2006
Código do texto: T307923

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 58 anos
11345 textos (922922 leituras)
16 áudios (8886 audições)
311 e-livros (34186 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 08:41)
Denise Severgnini