Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta Para Um Amor Perdido

Oi amor,

Estava me lembrando de quanto tempo não parava pra escrever para você, de quanto tempo eu não liguei para seu celular, não escrevi um bilhete, ou perguntei como foi o seu dia.
Não tinha ainda percebido que tenho feito você triste.
Sabe, da última vez que você teve aquela dor de cabeça, que tornou-se uma enxaqueca insuportável?! Só depois percebi que era falta de carinho, que eu esqueci de lhe dar, por que estava tão preocupado com meus trabalhos, que não dei importância, afinal, você já estava medicada.
Sinto-me culpado cada vez que olho o nosso porta-retratos, a nossa foto atual já não retrata mais a definição fiel da nossa convivência.
Comecei e ver que troquei você por coisas tão menos importantes, que agora sinto falta do aconchego do seu abraço, do seu sorriso maroto, das piadas, da companhia sincera e fiel que eu tinha ao meu lado.
Agora não sei se o “nós” ainda existe, só sei queria voltar atrás em todos os momentos que perdi de estar com você, mas agora sinto apenas um vazio que toma conta de mim de tal maneira, que sufoca.
Hoje sentado no sofá da nossa sala, olho pra porta esperando a sua chegada, que não acontece.
Sem você, não sou mais o mesmo.
Estou andando no escuro sem você, na minha vida não há mais respostas.
Quero viver com você o que ficou pra trás, por favor volta. Hoje percebo o valor dos sentimentos, o quanto eu te amo, e o quanto eu não me dediquei a esse amor.
Trouxe as flores que você gosta, comprei as coisas que você adora comer, perfumei a casa pra receber você.
Volta amor!
Caminha de volta pra mim... Estou aqui de braços e coração abertos para receber você de volta...
Volta, que eu prometo cuidar de você como você merece.
Eu te amo!
           
Antônio Carlos Valentino


Observação:
                 Antônio Carlos Valentino é um personagem ficticio, mas, ao mesmo tempo tão real no dia-a-dia de tantas pessoas, que ele aqui toma vida, nos faz refletir se estamos tratando nossos amores com o devido carinho e respeito que eles merecem. Antônio, tão preocupado com ele próprio, que esquece que vive uma vida à dois com sua esposa, e quando percebe, ela já não mais está ao seu lado, será que ela voltará?!
Priscilia Nascimento
Enviado por Priscilia Nascimento em 13/07/2005
Código do texto: T33661
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscilia Nascimento
Recife - Pernambuco - Brasil, 35 anos
222 textos (24433 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:33)
Priscilia Nascimento