Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando...

Daqui, admirando seus gestos, alinhados, perfeitos, cheios de esperança, certos, felizes, marcados em sua face alegre e cheia de vida.
Por um instante imaginei o primeiro instante, sim, aquele instante em que aconteceu o primeiro olhar, perdido, até mesmo embaçado, mas que busca dentro da primeira impressão o entendimento apenas pelo olhar, no fundo dos olhos, como se buscasse a alma, e encontrando nos torna gentis, ternos.
Me beija e me abraça, pra poder sentir que é isso o que a vida nos permite e deseja. Seu perfume, sua pele e sua boca, sonhos, realidade, ilusão e sinceridade.
Quando foi que lhe pedi pra sonhar, ou para deixar me declarar e logo após aceitar, o que muda, quando reage e toma tudo, e quando foi que os sentidos perceberam à sua volta o quanto a felicidade poderia se ver mais feliz.
É bom ouvir sua voz, em qualquer palavra, num pedido, numa saudade antecipada, num carinho ou demonstrando suas emoções. Te quero assim, e como te quero, de volta pra mim. E você sequer saiu daqui, e nem vai sair, do pensamento, da lembrança e da imaginação do retorno, pela mesma porta, com o mesmo beijo e com o mesmo calor do abraço.
Quero ter, sempre, mesmo quando à luz do sol não mais me desejar, que a vida me dê, em todas as paisagens, você, como a mais linda e perfeita imagem.
Te espero, depois de uma “Boa viagem”!!!
Vanderlei
Enviado por Vanderlei em 14/08/2005
Código do texto: T42524
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderlei
Espírito Santo do Pinhal - São Paulo - Brasil, 46 anos
83 textos (5353 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:54)
Vanderlei