Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estão Faltando Definições! Alguém As Têm?!

Apareceu assim quase que sem jeito esses breves e curtos traços,sem nem ao menos saber que significados trariam ou definiriam o que quero dizer nesse minuto.
Por tantas coisas pessoas perdem pessoas,por tantas situações indesejadas.
Por tantos fatores que fogem ao nosso controle, e tantas outras se perdem por não ter inseridas ainda dentro de si as definições reais, palpáveis e que de fato tenham seus significados diante das coisas,que não podem de modo algum serem mudadas.
E nesse rodopio que a vida dá nos separamos dos nossos valores primários,vividos lá no começo da nossa vida,que é amar apenas por amar,sem pedir nada em troca,sem querer ser entendida sem entender,sem querer ser perdoado sem perdoar.
A fragilidade e a inocência de uma criança,que gratuitamente nos oferece um beijo,entrecortado por um abraço,e deixa escapar um som pequenino mas, de grande valia, utilizando seus vocábulos singelos apenas para dizer EU TE AMO
Grande lição essa ainda não tão desabrochada dentro de nós,homens e mulheres donos da escrita e da palavra, mas
Perdidos no sentimento.
Sendo assim falta definições para nos descrever...
Como também faltam definições para o amor que bate em meu peito,para o que me faz acelerar o coração quando te vejo...
Faltam definições pra tantas coisas que é melhor que elas não as tenham, porque o que me basta agora é a definição exata do que me motiva a respirar, viver, sorrir, sonhar, estar, ser, pensar, existir:
O amor que sinto por você.

Priscilia Nascimento
Enviado por Priscilia Nascimento em 06/09/2005
Código do texto: T48119
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscilia Nascimento
Recife - Pernambuco - Brasil, 35 anos
222 textos (24431 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:53)
Priscilia Nascimento