Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vá-se lá saber?

Por certo não há "motivos suficientes" para se saber ao certo o número de cores do arco-íris, uma por uma, duas por duas? Talvez...
Tal vez... surge agora, por mero acaso, talvez ao acaso: vá-se lá saber?...
Estamos nós à três parágrafos, entrei agora, antes do quarto, e...

- Ela está deslumbrante! No acerto de seus dias... como uma flor!
Vá-se lá saber quem é?, este actor-declamador, que agora escreve:

Está ela deslumbrante
no acerto de seus dias
como uma flor! Há

nos seus olhos brilhos
corridos como a vida

das águas nos ribeiros
cristalinos, coloridos,
mina de diamantes!
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 14/10/2005
Reeditado em 14/10/2005
Código do texto: T59534
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310485 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:27)
Francisco Coimbra