Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A tua ausência

           Onde estás?
           
           Hoje, mais do que todos os dias senti tua falta, senti vontade de te ver, andei por todos os lugares em busca de ti, debalde, não te encontrei.Onde estás que não te lembras de mandar pelo menos   um
simples recado de lembranças.
           Talvez não saibas como os meus dias tornam-se longos e as minhas noites intermináveis.Sem ti as horas não passam,e eu te vejo em todos os recantos,é triste saber que estás distante,que os nossos sonhos foram desfeitos,que esqueceste os bons momentos vividos.
           Não te lembras dos nossos sonhos, das nossas ilusões? Estás
esquecida de que um dia me juraste amor eterno? És esquecida,sim.
           Quantas noites!...Quantos Sonhos..!Quanto amor vivido.
           Por que hoje resolvi dizer-te tudo isso, por quê?
           Porque quando se ama não há distância, não há perigo,não
há obstáculos, não nos cansamos, não esquecemos.
          Aqui estou sempre a esperar que um dia voltes, para juntos
revivermos os momentos que marcaram nossas vidas.
          Amo-te
          BLOPES
     

     
BLopes
Enviado por BLopes em 25/08/2007
Reeditado em 27/08/2007
Código do texto: T623909
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BLopes
Itapetim - Pernambuco - Brasil, 73 anos
1067 textos (110155 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 18:48)
BLopes