Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                   (Lagoa Mundaú  - MACEIÓ)


                                  Sorria para a Vida!



Querida amiga ,    
                                                                    
Em um texto li esta frase: “É muito fácil perder a calma, o difícil mesmo é manter a tranqüilidade”. Nem sei precisar quando a li, mas ficou, inconscientemente, gravada em minha mente.

Ultimamente tenho pensado sobre isso. Na vida são tantas as adversidades, parece que se rema contra a maré. Como se perde o humor rapidinho! Por que será que ser alegre, feliz é ser 'diferente', fora da realidade? Por que será, também, que há uma comoção quando o sofrimento chega para alguém? E a alegria, as pessoas reagem da mesma forma? Não, a torcida não é proporcional!

A negatividade rodeia, persegue e alimenta a nossa mente. Os livros - best-sellers - de auto-ajuda falam sobre FELICIDADE, PENSAMENTO POSITIVO, OLHAR PARA O SEU ‘EU’ E DESCOBRIR O QUE SE TEM DE MAIS BONITO, MAIS PURO, MAIS VERDADEIRO... A gente lê, reflete, mas não reage! É uma insatisfação geral... 
É como se a felicidade não fosse merecida ou possível. Há, de certa forma, um desconforto, uma culpa pela alegria demonstrada. A felicidade, muitas vezes, incomoda ao ponto de perguntarem qual o motivo de tanta alegria!

A verdade é que aprende-se a sobreviver, mas e a viver verdadeiramente? O ser humano é educado para vencer... VENCER é saber conquistar o amor ou objetos? Amigos ou subalternos? Bem, infelizmente somos escravos do consumo... Mas, podemos reagir a tudo isso!

Que tal escravizar o consumo? A partir de agora você poderá adquirir o bem-estar físico e mental. É só querer! A receita é tão perfeita quanto o bolo da vovó: um punhado de 'carinho', várias pitadas de 'solidariedade', colheradas de 'olhar marcante e decidido' e recheio de 'sorrisos'. O segredo de um bolo fofinho é bater muito bem a massa...

O segredo de transformar sofrimento em alegria é adquirir o hábito de pensar positivo, mentalizar coisas boas e, principalmente, conservar a auto-estima. Olhar para dentro de si e descobrir os limites e as potencialidades. Desvalorizar o sofrimento: dando menos importãncia do que ele merece! Valorizar a alegria: sorrir para a vida!

O ‘saber sorrir’ é tudo! Não é preciso ironizar as adversidades, mas respirar fundo, refletir, erguer a cabeça e ter consciência de que as ruas transversais também chegam a via principal... O caminho a percorrer será mais longo, porém o retorno valerá à pena.

VOCÊ CONSEGUIRÁ!

Beijos. 




 (18.08.2007)
Ana Costa
Enviado por Ana Costa em 03/09/2007
Reeditado em 19/11/2009
Código do texto: T637366
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Costa
Maceió - Alagoas - Brasil, 56 anos
125 textos (433891 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 10:56)
Ana Costa