Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTA DE AMOR

        Meu  amor,

        Almejo tudo o que há de melhor no mundo para você e para os
   seus entes queridos.
        As palavras boas ou más nascem no coração e se utilizam da
   mente para que sejam ouvidas por aqueles a que elas devam ser
   dirigidas ...  Mas, as palavras pronunciadas, apenas  faladas, o
   vento as leva e nunca se poderá aquilatar o peso de veracidade
   nelas contidas.
         Em razão  da dúvida que  as palavras soltas ao vento  possam
   suscitar,  nós, os escritores exímios, medianos ou medíocres
   costumamos registrar  o que  nos parece real ou fantasioso,
   dependendo do que melhor se adequar ao nosso intuito primordial.
          Hoje, num momento especial da minha vida, quando  a palavra
   “direito”    já não mais faz parte obrigatória do meu vocabulário,
   animo-me por sentir que a vida  começa a fazer justiça à minha
   espera opcional,na busca de um alento para os meus sentimentos
   há muito adormecidos, ou preguiçosamente, há muito em repouso.
           Você chegou na minha vida, não por acaso, porque o acaso
  não   existe ou nem sempre existe...
       Chegou bem nascido, bem criado, bem educado, bem preparado
  para a  vida, para aceitar as diferenças comuns  à humanidade ...
       Chegou  como um raio de sol que iluminou  as escuras  fases da
  minha vida, por absoluta preferência de minha parte.
       Foi como se Deus tivesse reservado você para ser o dono  dos
  meus pensamentos, dos meus sentimentos,  do meu coração, da
  minha vida.  Por isso, meu amor, minhas palavras são todas de
  agradecimento a Deus  por tê-lo encontrado tão generoso, solidário,
  carinhoso, amigo e sobretudo companheiro.
        Não somos perfeitos, porque ninguém o é... Se fôssemos,
  seríamos santos, mas somos apenas um homem e uma mulher
  tentando se completar, harmonicamente  atribuindo – nos grandes
  qualidades onde, se jovens inexperientes fôssemos, encontraríamos,
  talvez, grandes  defeitos mútuos.
        Quero viver com você cada dia como se fosse o último  da
  minha vida porque, cada minuto em que estou  com você, vejo o
  quanto Deus foi generoso comigo colocando em meu caminho uma
  figura humana tão rica de  cultura, de compreensão. de virtudes,
  segundo o meu julgamento, pronto para a vida, pronto para o amor,
  pronto para somar as alegrias e dividir  ou dar uma maior
  contribuição para a resolução dos  problemas  que possam nos
  atingir.
        Você será sempre o homem da minha vida,  o homem que eu já
  amava sem o conhecer.
                 Maria Nascimento Santos Carvalho

             
Maria Nascimento
Enviado por Maria Nascimento em 04/09/2007
Reeditado em 06/09/2007
Código do texto: T638891
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Nascimento
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 72 anos
904 textos (45393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 00:33)
Maria Nascimento