Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma Homenagem à ELIZETE

             
                                Minha querida amiga

         Amanhã seria seu aniversário.Quantos passamos juntas,comemorando a vida e a alegria de nossa amizade,quantos "parabéns à você"nos dissemos uma à outra!
         Mas hoje estou com saudade,uma saudade doída da nossa amizade,apesar de ter certeza que você está bem.Lá para onde você foi sei que deve está dando muitas rizadas das coisas difíceis que achávamos dessa vida,porque sempre foi assim, sempre ria muito quando tinha que enfrentar alguma dificuldade,fazia piada dos problemas e parecia não levá-los muito à sério.
         Sempre muito confiante mas realista.Sabia que as conquistas provinham das lutas e não se acomodava as situações que surgiam.
          Sempre responsável,coerente nas decisões e compreensiva ao extremo com o problema dos outros mas sem deixar-se escravizar por ninguém.Ocupava seu espaço,usufruia do que tinha direito e sem deixar nenhuma outra pessoa ocupar seu lugar.
          Tenho saudade sim,minha amiga, da sua presença em minha vida,me ouvindo e dando seus conselhos,da irmã que sempre esteve comigo nos momentos mais difíceis,apesar de não sermos irmãs de sangue,você supriu tão bem essa necessidade que sempre tive de ter uma irmã, muitas vezes calada só me ouvindo e sorrindo quando falava coisas sem nexo e assim cometia alguns erros com meus comentários absurdos e conclusivos.
            Rivalidades entre nós existia sim,fingíamos que não e quando percebíamos que uma nunca conseguiria superar a outra,uníamos nossas forças em prol do bem comum.
            Assim foi nossa vida de amigas-irmãs trabalhando pela nossa comunidade e mesmo quando teve que ir embora ,morar no nordeste,não deixamos de nos falar, nos aconselhar e confidenciarmos nossas tristezas e alegrias.Como era bom ouvir sua voz,parecia que estava sempre alegre..............
           Porém amanhã não vou poder telefonar pra você e falar:-Parabéns,porque não sei o numero do telefone do Céu.Pela primeira vez,em todos esses anos não vou ouvir sua voz nesse dia e isso me deixa triste,apesar de ter a certeza que está bem sinto saudades,uma tristeza que sua falta física me propociona mas amanhã pedirei à Deus que tome conta de você muito bem assim como sei que você está tomando conta de mim aqui onde estou, para que um dia possamos nos encontrar e nos abraçarmos celebrando assim uma amizade que poucas pessoas tiveram o privilégio de  cultivar.
                             FELIZ ANIVERSÁRIO
               Você foi a melhor amiga que alguém possa ter!

         Nota:minha amiga ELIZETE faleceu em Natal, em fevereiro desse ano,após uma luta grande contra uma doença que a consumia lentamente......Cumpriu a missão dela!



Célia (MALINE)
Enviado por Célia (MALINE) em 22/09/2007
Código do texto: T663882
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Célia (MALINE)
Itupeva - São Paulo - Brasil
416 textos (8621 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 01:50)
Célia (MALINE)