Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desabafo de amor


Neste coração mora a saudade, saudade de amar a ti, sem distâncias e sem medos, derrubando os muros das lamentações e ultrapassando as barreiras dos entraves da vida.
Tenho o mar como inimigo, a distância como maldade o meu medo como covardia. Olho para trás e já nada prende ao passado, agora tudo se constrói no presente e na ânsia de poder unir as nossas almas no amor.
Talvez a distancia seja uma etapa para dignificar este amor com belos alicerces, construindo as paredes sólidas e deixando o telhado forte que nem as tempestades derrubam. Como gostaria de deixar para trás todo o sofrimento e tristezas, reconheço que eles fazem parte da vida, nos ensinando e abrindo o coração a vida e ao que ela nos oferece no dia-a-dia.
Por vezes abro a janela e tudo e tão distante sem ti, divagando nos pensamentos de um dia ao teu lado, cuidando de nossa casa deixando o amor entrar pela nossa morada e jamais sair.
As vezes, me vejo a olhar o mar, sentindo a brisa roçando no rosto suavemente fazendo acordar do que sinto por ti, nesta distância que nos separa além do tempo mas que nos une cada dia mais no nossos corações e no nosso amor.
O nosso amor e como uma bela montanha que em cada dia se renova na solidão dos tempos, com toda a beleza que nela se incluiu, deixando as nossas mentes flutuar no néctar do amor que cada dia fica bem mais forte por ti.
Talvez a nossa distância seja somente da nossa cabeça pois estamos tão perto um do outro que sinto a tua dor e esse amor em mim.
Por isso quero aqui te dizer que nada e nem ninguém, poderá ocupar o teu lugar, um lugar que este já ocupado de forma indescritível e jamais será apagado pois o amor verdadeiro jamais morre somente ganha asas para novas dimensões de amor.
Dizer que te amo já é pouco, dizer que sinto feliz longe de ti, já não posso dizer pois a cada segundo os meus pensamentos estão junto aos teus, de saudades e preocupação.
Queria ganhar as asas e voar bem para junto de ti e perpetuar o nosso amor
Seria a melhor prenda que Deus me poderia oferecer
Betimartins
Enviado por Betimartins em 28/09/2007
Código do texto: T672071

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Betimartins
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
1675 textos (97737 leituras)
9 áudios (899 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 22:12)
Betimartins