Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rota do Sol


"Não há nuvem tão espessa que possa impedir o Sol de brilhar", já dizia o Filósofo Ratlenake.

Assim também acontece em nossa vida. Muitas vezes as desilusões, os momentos cinzentos ofuscam o brilho de nossa alma, mas não podemos desanimar diante das adversidades, elas aparecem muitas vezes para testar o nosso modo de perseverar naquilo que almejamos.

Não devemos desistir diante do primeiro obstáculo, nada pode nos impedir de seguirmos nossa rota, a vida tem muito a nos oferecer e é nosso dever conquistar e buscar a felicidade. É nossa tarefa primordial.

Ergamos a cabeça e sigamos em frente, rumo a rota do Sol, que lá estará nos esperando com seu brilho intenso para nos contagiar, e assim também transmitir luz para todos que nos cercam.

Ao passado vamos dar um tempo, apenas um tempo, afinal quer queiramos ou não, ele faz parte da nossa vida; o futuro, não nos pertence. Portanto, vivamos intensamente o presente, que é uma dádiva de Deus e um dom precioso que Ele nos concedeu.



Elian Maria Bantim Sousa
Enviado por Elian Maria Bantim Sousa em 02/10/2007
Reeditado em 02/10/2007
Código do texto: T678095

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elian Maria Bantim Sousa
Coelho Neto - Maranhão - Brasil
492 textos (219315 leituras)
2 e-livros (82 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 00:33)
Elian Maria Bantim Sousa