Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM MEDO DE AMAR!

Você tem problema em se dar? Medo de ser romântico (a), carinhoso(a), e depois ficar só, então você nem se desgasta pra conquistar?
Tem relacionamentos que até que são bons, mas não se desenvolvem muito e acabam sem mais nem menos?
Pois saiba que amor é primavera-verão; conquista é a diária manutenção do sentimento que se renova ou morre, feito árvore.
Os sentimentos primaveram e florescem, vez ou outra se outonam e pendem, mas pra sobreviver ao inverno é preciso cuidar.
A mulher busca na relação um verão satsifatório, que lhe dê marcas de sol e uma primavera eterna. Alguns homens também pensam assim embora prefiram o verão, sabem da importância da primavera e a mantém por amor.
Outros nascem verão, buscam verão; não percebem a primavera e por isso os relacionamentos outonam e caem em inverno. E quando o coração de uma mulher inverna, aí não têm jeito; não nascem flores  no gelo.
Muitas pessoas tem o inverno por dentro, um copo de mágoa e dois cubos de gelo ao invés de um coração.
Os desgastes,as brigas, a falta de carinho, as mágoas; tudo são folhas pendentes que caem e se não removidas, formam um tapete difícil de transpor é quando o diálogo se torna impossível.
E sem diálogo, sem falar a mesma língua, não se chega a primaverar um coração. Por isso hoje em dia vemos tantos casais outono-inverno, buscando veranícos fora , tentando inutilmente aquecer a relação.
O erro não está no verão de cada um e sim na falta de primavera.
Ela nasce primeiro, dizemos: primavera-verão. É preciso se dar em gestos, palavras e sentimentos para florir o amor no outro e chegar a um tórrido verão. Se uma história tem início num tórrido verão, a primavera não é certa, mas pode vir a ocorrer; depende do envolvimento.
É preciso saber ler os sinais, quando alguém chove:
No verão é prazer
Na primavera é alegria
No outono é sinal de alerta
No inverno é porque tudo acabou.
Os olhos sinalizam sóis, flores, folhas pendentes e geadas. Será que você sabe ver os sinais?
E se vê, o que você é capaz de fazer para primaverar um coração?
Eu sei que um verão bem vivido pode ser inesquecível, porém meu caro, é na primavera que se constrói um belo jardim com sentimentos bem enraizados que sobreviverá a chuvas e trovoadas.
Lembre-se, o AMOR É PRIMAVERA-VERÃO!

ELAINE SPANI
ELAINE SPANI
Enviado por ELAINE SPANI em 19/10/2007
Código do texto: T700857
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ELAINE SPANI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 42 anos
247 textos (11940 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 23:29)
ELAINE SPANI