Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

acreditar ( rekinho)

Acreditar...

Para a maior parte de nós tudo começa da mesma forma... é noite, a ansiedade cresce no âmago do ser, aquela sensação dentro de nossos corpos...cresce sem que se consiga controlar. E procede-se ao ritual de preparação... Seja de que forma for, atravessando religiões e convicções, crenças e ideologias, todos nos preparamos espiritualmente (e não só!), para dar e receber energia.
Consciente ou inconscientemente, procuramos a liberdade, o sermos nós próprios sem que sintamos a reprovação, a crítica infundada... Queremos ser, apenas ser, viver sob os desígnios da Natureza que, tão generosamente, se nos oferece, qual dádiva preciosa... Aqui e agora, o nosso mundo é este, fechemos os olhos ao exterior, não ouçamos o que lá fora se diz, não deixemos invadir-nos pela solidão desconcertante da sociedade!
Afinal, para onde queremos ir?... Rumo à felicidade, nem que seja apenas momentânea... e é isto que devemos sempre, sempre, manter em mente! No entanto, a felicidade só está completa quando é geral, quando todo o nosso mundo se sente invadido e contagiado por ela... quando sentimos profundamente o prazer e sabemos que não pode ser melhor! Parece difícil...mas no fundo, tudo é possível quando nos entregamos de corpo e alma, repito, de corpo e alma!!!!
E então, pensamos, “...estará a felicidade na música?”. Talvez... Mas também pode estar no amor, na arte, no convívio, na libertação do ser, nas trocas... E a esta altura, o que falta dizer? Tudo isto pode ser possível, aqui, na “festa”!
Mas... a “festa” é mais do que som e luzes, psicoactivos que alteram a percepção da realidade ou horas e horas a fio de dança enlouquecida pelos ritmos fortes e melodias transcendentes! Há que dizer não aos excessos desnecessários que possivelmente nos fazem arrepender e que, sem sabermos como, nos transformam irreversivelmente...

Como alguém já disse um dia, acredito que as trocas são a base de todas as relações e as festas celebram essas trocas, através da vida e da união entre as pessoas e o Cosmos. Engraçado, não é?... Em última análise, apenas procuramos a paz... mas como pode estar em tão deslumbrante, mas ao mesmo tempo, caótico ambiente?...
Está dentro de nós, todos estes sentimentos e sensações, vontades e impulsos vêm de dentro de nós e cabe-nos a nós, apenas a nós, saber confiar neles e conduzi-los da forma mais positiva e enriquecedora...

...E para quase todas as mentes que se juntam na celebração da vida, tudo termina também de uma forma semelhante... com o êxtase à flor da pele, com a doce sensação de se ter vivido um sonho, sempre com um sorriso nos lábios!!!
Pensa bem no que te leva a procurar estes estímulos, encontra dentro de ti as razões pelas quais te sentes bem neste mundo e saberás com certeza quem és e qual a tua missão nesta humanidade...
Quero apenas espalhar a mensagem do amor e da felicidade, gostaria que todos vós entendessem que juntos e respeitando a liberdade conseguiremos ser mais fortes, mais puros e, acima de tudo, seremos felizes!!! Também tu podes contribuir para a harmonia... basta acreditares e espalhares o teu amor!
Eu acredito que todos nós somos especiais e tu?...

Peace, Love, Unity, Respect ...
pekenitah
Enviado por pekenitah em 25/10/2007
Reeditado em 09/07/2008
Código do texto: T709569
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
pekenitah
Portugal, 27 anos
39 textos (3818 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 21:52)
pekenitah