Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor sobreposto

Princesa! Em teu olhar clareia-me como o sol.
Neste caminho que buscamos o costume nos leva
Olhando-a sem cessar e em qualquer direção,
De pouco em pouco um breve olhar para trás...
Sentindo em cada momento
Um enorme desejo que antes eu não tinha,
E você sabe conduzir muito bem...
Sei que tens uma admiração por essencial
O mesmo de uma criança adormecida de um sono matinal,
Renascendo a cada susto ou preposição...
Sinto-me nascer em teu poucos momentos
Para essa eterna mocidade, do coração... Crendo!
O espaço curvado não se faz para pensarmos por ele
Mas para olharmos no nosso interior e sentir
Se estamos nos acordando ou apenas filosofando os sentidos...
Se minha natureza incomoda acreditando que por ser homem, não choro,
Enganas a ti mesma,por não saberes o enigma do meu querer,
Mas te digo, porque amo, e amo-a por isso,
Porque na vida quem ama, nem sempre condiz com o que ama,
Sem saber porque está amando e nem tão pouco o que quer dizer o Amor...
A inocência eterniza o aprendizado do querer e consequentemente é a única razão de não pensar... Bjs...
Mirão da Estrada
Enviado por Mirão da Estrada em 17/11/2007
Código do texto: T741562
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mirão da Estrada
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 49 anos
492 textos (14699 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 06:27)
Mirão da Estrada