Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RECORDAÇÃO

Ontem vaguei pelas ruas desertas da nossa pequena cidade. O frio penetrava em meu corpo como agulhas a espetar-me.O vento soprava de mansinho...Caminhei vagarosamente e observei cada detalhe da reformada praça, onde tantas vezes, namoramos!
 O frio fez com que as pessoas se recolhessem mais cedo e fiquei a imaginar nós dois, uma lareira, vinho, queijo, aconchego amor. Mas ao invés disso lá estava eu, vestida de preto a vagar pela madrugada fria, parecendo uma alma penada a procura de luz. Você!
Meu corpo estava gélido, mas, não hesitei  em visitar os nossos "recantos" e reviver na memória a nossa história, as juras de amor eterno, os beijos quentes,a ingenuidade de dois adolescentes, numa pequena cidade do interior.Saudades...
Estou só e na solidão em que atualmente me encontro, esse sentimento que sinto por você, antes adormecido, despertou fortemente, agora na madureza dos meus dias.
Voltei, mas sei que não vou poder estar contigo, nem uma única vez. Mas, ainda assim, quero que saiba que, o frio que ontem gelou o meu corpo, não gelou o meu coraçào.
As lágrimas correm agora pelo meu rosto e deixo que sigam livremente o seu curso.Eu o perdi, por medo,insegurança,orgulho, covardia.
Voltei para casa, o frio aumentou sensivelmente e uma garoa fina começou a cair me alertando para retornar.
Na minha velha sala de estar, tantos  anos esquecida,o fogo na lareira crepita, olho o seu amarelado retrado, tomo uma taça de vinho. É dia escrevo esta carta, deito-me no tapete, na esperança de sonhar com você, meu amor de primavera!
Recordações...
 
Lurdinha Mattos
Enviado por Lurdinha Mattos em 20/11/2007
Reeditado em 08/08/2014
Código do texto: T745357
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lurdes.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lurdinha Mattos
Salvador - Bahia - Brasil, 61 anos
203 textos (307655 leituras)
1 áudios (659 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 16:03)
Lurdinha Mattos