Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEIRA CÓSMICA DE SAUDADE

Não sou dada a contas, você bem sabe... Equações de primeiro ou segundo grau são meu terror, chego a arrepiar quando preciso resolver uma delas. Mas mesmo assim me peguei pensando em uma equação diferente, mas interessante, essa semana toda. Coloquei-a no papel e saiu mais ou menos assim:

Um coração que ama o outro + Outro coração que ama o um – Corações separados = Universo tendendo ao equilíbrio (?)

Está certo que essa conta aí já está ultrapassada. Hoje, posso dizer, por mim, que estaria mais para:

Um coração que ama o outro + Outro coração que já amou o um – Corações separados = Meu universo em desequilíbrio (!)

E fiquei com essa equação sem solução nas mãos. Não sei o que fazer com o resultado, pois ainda não vislumbro universo algum em equilíbrio. O que vejo, apenas, é uma poeirinha cósmica de saudade, e um universo todo em caos. O meu universo, no caso. É claro que a vida tomou seu rumo, estou muito bem, obrigada, mas alguma coisa ainda me cutuca. E eu deixo cutucar. É como se fosse aquele bichinho de pé que a gente prorroga ao máximo a sua retirada, só por que a coceirinha é boa...

Você, ainda, me faz falta. Só não sei até quando suportarei a coceira.

Sampa, 28 de Novembro de 2007.
Bruna Pattiê
Enviado por Bruna Pattiê em 28/11/2007
Código do texto: T756152

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome da autora - Bruna Pattiê). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Bruna Pattiê
São Paulo - São Paulo - Brasil, 35 anos
150 textos (13240 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 15:40)
Bruna Pattiê