Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
CARTA SEM DESTINO



       E com o coração sangrando que te escrevo. 
       Foste em minha vida a ilusão, tão sonhada, o desejo realizado os momentos felizes que vivi, mas como todos os sonhos não são eternos, os nossos momentos também não foram e você partiu meu coração deixando-me viver uma esperança que jamais se concretizaria.
       Você chegou a minha vida no momento que eu mais precisava de alguém que me fizesse companhia, pois a mesma era vazia e sem graça a solidão fazia parte do meu dia a dia que não passava de uma rotina, trabalho casa e vice versa, não possuía amigos, já não confiava em ninguém, os amigos que pensei serem de fato amigos me traíram, você chegou se insinuou de uma forma tão gentil que soube enganar meu coração e acabei mergulhando fundo neste sentimento que pensava ser sincero, mais uma vez me enganei, chegaste com uma conversa de só querendo ficar, sem querer assumir nenhum compromisso mais sério ou manter um elo mais forte que pudesse nos unir em um próximo futuro, eu boba achando que vinhas para ficar e que me amavas de verdade deixei-me iludir por este sentimento de amor, mas hoje vejo na verdade quem tu és, um homem frio, calculista, egoísta hipócrita sem nenhum sentimento que possa fazer vibrar o coração de uma mulher, a explicação que me deste foi de que já havias sido ferido antes e não queria se magoar novamente, mas é necessário que saibas que não fui eu quem te magoou pelo contrario acabei sendo magoada sem ter nenhuma culpa no teu passado, eu tentei ser a melhor possível para você dei-te todo meu carinho, apoio, sensibilidade compreensão e tentei ser a melhor possível.
    Hoje vi que a sua maneira de conquistar é ser um lobo vestido de cordeiro, para atrair a sua presa e depois de conquistada sentindo-se vitorioso você a despreza e assim o seu ego de homem se sente valorizado.
    Vives num mundo de fantasias, onde a sua mascara é o teu esconderijo, mas lembre-se que a qualquer momento ela pode cair e deixar transparecer verdadeiramente quem tu és e então seu futuro não será nada bom.
E pra falar a verdade tudo que você diz ter passado, não foi nada em comparação com que ainda esta por vir, pois a meu ver você mereceu cada sofrimento por seres uma pessoa tão banal e comum.
    Não posso negar que vivi momentos maravilhosos, mas como tudo na vida tem começo, meio e fim, e isso fazem parte de cada um de nos, vivemos cada momento tentando tirar o maior proveito de tudo, hoje sei que o fim chegou para nos, por isso escrevo-te esta carta dizendo a você que na minha vida ficará a lembrança de nossos momentos, mas com toda sinceridade a saudade não fará parte deste cenário, porque este sentimento não me pertencera e sim a você que o juntara ao seu egoísmo que é o seu forte.
    Eu perdi você também perdeu, mas uma coisa quero deixar bem claro entre nos, você perdeu muito mais, jamais encontrará em sua vida uma mulher que te amou de verdade, desejou que tudo caminhasse na mais perfeita harmonia, fez de tudo para te tornar um homem feliz e realizado e tentou até fazer com que esquecesse o sofrimento passado, quero também deixar bem claro não quero que me procures mais, pois para você hoje acabei de falecer e por favor não me mande flores, pois deixei ordens para que as mesmas sejam devolvidas.
                                                                                                 ADEUS.
ANGELICA ARANTES
Enviado por ANGELICA ARANTES em 30/11/2007
Reeditado em 28/05/2008
Código do texto: T758864
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ANGELICA ARANTES
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
4373 textos (288953 leituras)
72 e-livros (3873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 07:00)
ANGELICA ARANTES