Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTA A PAPAI NOEL DE UM MENINO POBRE

CARTA A PAPAI NOEL DE UM MENINO POBRE

Mário Osny Rosa

Papai Noel venho fazer um pedido, um pedido diferente quero ter um Natal como o de antigamente sem muitos presentes.
Quero um Natal de Paz sem guerras sem mortes em que os irmãos se amem e se respeitem.
Que não existam mais guerras na face da terra, que o homem deixe de poluir esse planeta maravilhoso e não o transforme numa arma contra a humanidade matando a tudo e a todos.
Que todos procurem salvar nossos rios para termos água pura para beber e não morrermos de sede diante de toda essa poluição.
Que toda essa tecnologia ajude a todos terem uma melhor vida, que esses aviões que matam nas guerras sirvam para levar o povo a conhecer outros países, outras culturas nesse globo terrestre.
Que todos os povos se unam num só objetivo, a respeitar o ser que tudo criou para o bem de todos.
Que todo dinheiro gasto com guerras seja gasto na busca de remédios para minorar os males que acometem a todas as pessoas desse planeta terra, como para saciar a fome dos famintos, pois é pela fome que chega a doença que flagela todo a humanidade.
Papai Noel aceita esse pedido de um menino pobre que quer ser útil a sociedade.
Pedrinho.
São José/SC, 9 de dezembro de 2.005.
morja@intergate.com.br
www.mario.poetasadvogados.com.br

Asor
Enviado por Asor em 10/12/2005
Código do texto: T83519
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Asor
São José - Santa Catarina - Brasil
1677 textos (36854 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:53)
Asor