Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando Eu Te Conheci

Quando eu te conheci não imaginei, nem sequer pensei, o quando serias importante para mim.

Não imaginei que a partir daquele momento de encontro, passarias a ser esta pessoa muito querida, muito amada, e que terias sobre mim um efeito tão devastador. Não imaginei que virias a ser tão importante em meu viver.

Tu sabes que me tocaste a alma com palavras que nem sei se poderias mesmo fazer acontecer. Mas tuas palavras aconteceram em minha vida... foi como olhar em seus olhos e descobrir o caminho mais perto para chegar em teu coração e no meu. Me disseste tantas coisas lindas, entraste em minha vida, conheceste minha alma como ninguém mais.

Quão fácil me foi confiar em ti, quão maravilhoso me foi ouví-lo,
e quão reconfortante me foi poder contar com você ao meu lado.

Agora, relembrando estes momentos, nem consigo acreditar que realmente te declaraste a mim. Tu me falaste de amor, de carinho, de paz e despertaste minha atenção, admiração ao falar das lutas de tua vida, dos teus sonhos.

E então, eu senti a necessidade de compartilhar com você minha vida,  de estar ao teu lado cada vez que o futuro chegasse...

Senti vontade de dar-lhe meu apoio se por ventura precisasse de mim. De compartilhar com você meu amor e a paixão que queima meu corpo.

E o tempo passou. E o sol se pôs em minha vida.

E agora, depois de tanto tempo, quase nem sinto que o tempo, as épocas, passaram tão depressa... Quase nem sinto que nós mudamos, que eu amadureci, tornei-me uma mulher.

E agora vejo que aquilo que nos unia, tornou-se em mim mais profundo, um sentimento de amor tão forte que não posso mais guardá-lo quieto em meu coração.

E é por isso que lhe escrevo. Pode parecer estranho escrever-lhe neste momento, mas sinto nostalgia, vontade de compartilhar contigo estes momentos de saudade, de necessidade de estar contigo, falando do passado, de algo que já poderia ter falado, mas que por não compreender o que acontecia comigo, não compartilhei quando tu sentias necessidade...

E queria dizer isso para ti neste momento. E, que gostaria que agora enquanto escrevo, estivesses aqui comigo, bem pertinho, para que pudesse abraçá-lo, apertá-lo junto ao peito e que pudesses sentir em ti todo o meu amor... toda a minha devoção... que às vezes, eu acho, tu não acreditas, ser possível eu sentir...
Maria
Enviado por Maria em 26/02/2008
Reeditado em 27/10/2010
Código do texto: T876744
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
3667 textos (164693 leituras)
1 e-livros (9 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/10/14 02:20)
Maria



Rádio Poética