Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PASSADO

Num recanto  oculto do passado
esbocei em lágrimas seu vulto
entremeado de imagens doridas...
Pedaços de quimeras 
de uma desflorada primavera,
onde sonhos abandonados
repousam submersos
em emoções algemadas.
Inumano reflexo 
do silêncio que talha,
ressentido coração
que retalha
os inanimados versos.
Em hora incerta
o amor que julguei eterno,
evadiu pela fresta entreaberta,
correu livre como o vento
entorpecendo meus sentimentos.
Em algum lugar do passado
inda guardo,
o toque das mãos atrevidas
que meu corpo percorria,
triste ironia...
Pois que meu passado
permanece ao meu lado
fisicamente...
Entretanto,
de amor se faz ausente.
Nesta hora recente
uma história inglória,
inacabada e reticente
que faz minh'alma aprisionada,
num ontem que passou
num hoje que se ressente,
de um futuro que não brotou...
Em algum lugar do passado,
perdida, ainda estou...


2006

Participação na Ciranda Em Algum Lugar do Passado
Anna Peralva
Enviado por Anna Peralva em 22/07/2006
Reeditado em 05/12/2009
Código do texto: T199590
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Peralva
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
1582 textos (60687 leituras)
3 e-livros (572 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:13)
Anna Peralva