Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAMU FAZÊ AMÔ

Vamu lá ômi,
óia as estrelas nu céu briandu.
Vamu ponhá um poco de luz
qui prá nóis tá fartandu...

Vamu juntá uns gravetus
i fazê uma fuguera,
quem sabe arguma fafuia
cai im ocê
i acendi essa cinzera...

Ai...
Já tô cum tremedera, as pernas bambiandu,
di tanta sardade di fazê amô cum ocê.
Si acuntecê esse milagre,
vamus nus adivirtir a noiti intera,
afuguiando o friu desse casóriu
qui mais pareci um velóriu.

Num dá mais prá guentar esse querer,
vamu ficá agarradinhu, abraçadinhu,
cum u corpu coladinhu...Suadinhu,
tudu ficandu arripiadinhu...

Óia a lua nu céu, tudinha isparramada...
Nóis si deita ali mermu nu campim,
faz tudu bem divagazinhu,
cumu era tigamente.
Vamu ripiti inté num mais guentá
ou u corpu cumeçá a coçá.

Si mais indiante acuntecê arguma nuvidadi,
adispois nóis diz prá fialhada
qui a lua foi a curpada.

2006
Anna Peralva
Enviado por Anna Peralva em 02/08/2006
Reeditado em 03/11/2009
Código do texto: T207546
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Peralva
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
1582 textos (60702 leituras)
3 e-livros (572 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:04)
Anna Peralva