CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

PRIMAVERA (Ciranda encerrada)




                                PRIMAVERA

                    Chegou  a estação das cores
                          Multicores nas flores
                     Revoar das aves beijadoras
                    Rabiscos das almas sonhadoras!

                      Alegria  nos campos e jardins
                     Rosas se enamoram de jasmins
                      Contagiam nossas fantasias
                        Almas tecem as  sinfonias!

                       Cantem  e tanjam harpas
                        Em colinas ou escarpas
                        A riso não é mais como era
                       É a aquarela da primavera!

                             (By  Edla Princesa)

 
                        É a estaçao do coração
                      esta chegando a primavera
                      trazendo cores e encantos
                   novas alegrias, ares e quimeras.
                                  (Glorinha)


Ah, quem me dera!Que o colorido da primavera adentrasse o coração de cada ser humano e o transformasse em um jardim florido:encantador,sensíveldistribuidor de aromas e amores.Sinto-me assim, a cada imagem de flores ...A primavera tem o poder de nos tornar mais humanos.
                              ( Maria Inez Flores Pedroso)


                      Seja bem-vinda, primavera!
                       Valeu o tempo da espera
                        O mundo é todo cores

                       Natureza, em pura festa
                      Vida palpita nas florestas
                         Sol, insetos e mil flores

                  Tanta beleza essa estação encerra

                Cantando louvores ao renascer da Terra
                                  (Marina Alves)



                     O significado de todas as flores,
                   Para o homem é uma grande criação.
                    Nele as vezes ele alivia suas dores,
                 Revelando amor dentro do seu coração.

                  A de cor branca sinaliza para a paz,
                Quando vermelha, representa a paixão.
                  Amarela mostra orgulho e liberdade,
                   Na cor rosa demonstra ter gratidão.

                 Na primavera querida de sua vida,
               A colorida é grande amor e emoção!
                 Vive a ilusão, cheio de felicidade...
                Querendo ver a primavera no verão.
                                (Djalma CMF)


             Primavera,três meses de flores cores e odores
                    Primavera frutifica os amores
              Primavera dê-me a flor,meu grande amor.
                               (yamânu )


            "Um hino de pássaros anuncia sua chegada
            A vinda da primavera a ressuscitar as flores
                    Uma nova vida é celebrada
               Num festival de pétalas e cores."
                         ( Nostradama )


                            Floriu meu coração
                      com o abraço teu e amigo
                           coloriu com emoção
                          teu ombro é meu abrigo...
                                ( Cida Moura)


                     CHEGOU A PRIMAVERA   (Donfiuza)

                      A primavera começou,
                   E com ela vieram às flores,
                            As cores,
                           Os amores.
                      Renascem os sonhos
                           de criança,
                        Surge a esperança,
                   Aveludam-se os corações,
                       Chega a pujança.
                 Cantam felizes os passarinhos,
                 Chamam suas companheiras,
                      Renovam seus ninhos.
              Avencas, açucenas, alfenas e begônias,
                      Uma profusão de vidas,
                          Jardins floridos,
                Época de poesias e poetas apaixonados,
                  A natureza explodindo em cores,
                  Vida vicejando, rosas, mil flores,
               Arco-íris prismáticos, um mundo cardinal,
                   Uma grande festa universal,
                 Abelhas, borboletas, e beija-flores,
             Sentimentos soltos pelo ar, sol ameno,
                  Temporada aberta aos amores.
                         (Donfiuza)


                 MUITA COISA ACONTECENDO  (Cida Rios)
                    A NATUREZA FAZ FESTA,
               AS FLORES VÃO APARECENDO...
                  PÁSSAROS EM ORQUESTRA.

                      O FRIO, “SENHORA”!
                        NÃO PODE FICAR
                      PRECISA IR EMBORA
                  A PRIMAVERA VAI CHEGAR.

                 AS BORBOLETAS SONOLENTAS
                   BAILAM DE FLOR EM FLOR,
          TRAZENDO CONSIGO INOCENTE AMOR...

                    AS ÁRVORES BREJEIRAS,
                        IPÊ AMARELO...
           CRIANÇA BRINCANDO E, FAZENDO CASTELO.
                           (Cida Rios)


                     OUTRA ESTAÇÃO  (Mauricio Claudio)

com flores passou-se meu ipê outono secas folhas teu inverno queima solo chamas devora tua vida.
brilha céu o sol de setembro,finda seca fria passagem verde folhas transforma mais uma estação em flores ja é primavera.
             (mauricio claudio)


                       Venha Primavera  (Lully)

              Queria ser uma folha, a última folha do outono
               Voar pelo espaço, livre, sem olhar o tempo
              Rodopiando no vento, pousando nas flores
            Caindo, para depois levantar-me e voar outra vez
      Ser perseguida pelas aves e pelas mãos de crianças alegres
                    E rir do esforço vão para me pegar...
                  Pois sou livre e voo para onde quiser,
            Carregando comigo as esperanças, as alegrias
          Os sonhos de amor, tudo de bom que possa acontecer
                         Nesse novo renascer

                            Venha primavera!
            Venha e deixe aqui tudo o que foi de ruim
                As angústias, as dores os dissabores...
        Eu sei que pisoteada serei mas, mesmo assim,
      Fico feliz, pois sei que outras folhas hão de vir

                            Venha então primavera...
                                   (Lully)


                      ESTAÇÃO PRIMAVERIL  (fatima Galdino)
             Madrugada se despede,rompe a aurora
             Sobre um manto de flores o sol impera
             sob o olhar do céu que a relva acalora
             abre a estação dos sonhos,é primavera!

            A natureza Escelsa desabrocham as flores,
             Mil pássaros sugam o Nec ta num frenesi
            Sorvendo os polens das rosas desse jardim
             Num ar tão perfumado,recanto de amores

               Estação primaveril,vem com mil cores
              O branco da paz,ao vermelho da paixão
              Desvenda mistérios,trazendo acalanto

            Diante das matizes,vôo ao ápice do encanto
               Contemplo o desabrochar de cada botão
              Bordados pela mão divinal da criação...
                             ( Fatima Galdino )


 
              Vamos exultar de alegria como as flores
               Elas deixam a vida mais bela e colorida
            Como os pássaros, vamos cantar os amores
              E alegrar o dia para oferecer riso à vida
                            (  Silvanio Alves )



              OS AMANTES PROCURAM ESTAÇÕES ( Miguel Jacó )
 
                 Os amantes procuram estações,
               Para darem vazão aos sentimentos,
                Como fossem marcados corações,
              Obedecendo a certos provimentos.
 
                É chegada a esperada prima Vera,
              Conhecida como estação das flores,
              Não define exatamente  a uma era,
            Mas excita o enamorado aos amores.
 
               Cada rua se enfeita com floradas,
             Os jardins ficam belos e perfumados,
              As pessoas sentem-se enamoradas.
 
              Nada cobra a natureza pelo encanto,
               Vem assim como fosse uma prenda,
                E o homem vai fazendo o acalanto.
                         (Miguel Jacó)


                           A PRIMAVERA  (   Carlos Celso Uchoa Cavalcante)

                 Num ziguezaguear, em tantas cores,
                       aéreo, exibindo siluetas
                    adornam o jardim as borboletas
                 a confundir-se com as diversas flores.

                     Misturam-se a elas colibris
                  no nectário que lhes oferecem,
              das árvores, com seu canto enaltecem
                  felizes, a natura, os bem-te-vis.

                     A luminosidade do sol morno,
                    suave brisa, todo esse adorno
                  traduzem mil instantes de quimera.

                  Aos olhos tudo isso é um encanto
                   ao ego mais parece um acalanto
                   a embalar-nos, é a primavera.
                   (Carlos Celso Uchoa Cavalcante)



                         Estação Saudade  (Antenor Rosalino)

                             A primavera florida,
                     As orquídeas, os crisântemos,
                            Os lírios, as azaléias,
                      Os verdes campos..., o mar!

                     O cantarolar da passarada...
                          A noite enluarada...
                           Seus olhos a cintilar!

                           A primaveril estação
                        Encantou meu coração.
                          Paralisou a eclipse
                       Em repleta liberdade...
                      Enfeitou-se em arco-íris
                     E eternizou-se em saudade!

                     Não há máculas, só encanto,
                       Nem poalhas a ofuscar.
                    Canto mais alto o meu canto
                     E me sinto além do mar!

                         Nossos momentos felizes
                    Em total entrega de afetos,
                      São relíquias, as mais belas,
                       Entre formosas quimeras.

                     São agora no meu mundo
                    Envolto nessas lembranças,
                   As Valquírias dos meus sonhos
                    E do meu viver tristonho!

                           Vou vivendo a poesia
                       De nemoroso eldorado...
                       Do alvorecer sem maldade
                        Da eterna estação saudade!
                        (Antenor Rosalino)


 
               PRIMAVERAS TRAZEM NOVA VIDA (Silvia Araujo Mota)
         
               Tempo de outono; a folha cai ao chão;
                vai para o lixo; fica seca aos cantos,
                  logo apodrece, triste sem ilusão,
                só vira adubo, perde seus encantos...

                  E lá no escuro, chora e quer razão,
             pois sente frio, não tem mais seus mantos;
               Depois da chuva, segue em contramão
                 e fertiliza o solo, seca os prantos...

                Mas a semente chega à terra arável,
                  entre os estercos mora até brotar
                a LINDA FLOR que traz a cor estável...

                  E no buquê de sonhos é escolhida!
                No aniversário canta e quer dançar:
                  As primaveras trazem nova vida.
                       (Sílvia Araújo Motta )


     


O fulvo sol nasce na colina sorridente,(YEHORAM)
O ar festivo exibe insetos e borboletas,
Uma leve brisa farfalhara a flor contente,
Das mais belas flores, as meigas violetas.


Os gritos dos pardejos amantes, agitados,
Românticos casais que de longura espera
Sob encanto dos jardins mais perfumados,
Num ledo anùncio aos homens: É primavera!


A temporada em que as feridas e as dores
Dão lugares às encantadas e imperativas flores,
Revivem o verde, a lembrança.


No imo das almas rendidas ao seu mago olor,
O valor intrínseco do sentimento é o amor
Que como sol renasce cada dia, esperança!
                   (YEHORAM)



                               PRIMAVERA VERDE (Eduardo escreve)
 
                          Amazônia exuberante
                          Platônica, chora triste
                            Selva equatorial:
                          Primavera não existe.

                      Quem me dera um dia aqui
                     Neste mundo "verde e água"
                        Florescesse a primavera
                       Colorindo o "verde mágoa"
 
                      Mas, meu chão é cobiçado
                       Mesmo sem a primavera
                        Amazônia, Deus te fez
                        Gigantesca, rica e bela.
                          (Eduardo de castro)


Obrigada aos amigos poetas pela maravilhosa participação nessa ciranda em saudação a essa estação linda,a PRIMAVERA,que vem alegrar nossas vidas,nossos sentimentos poéticos,principalmente.
A cada um que mandou sua interação,meus parabéns,pois não por mérito meu,essa ciranda ficou uma beleza...florida e encantadora com versos esmerados e sensíveis,como era de se esperar.
******************APLAUSOS A TODOS!!!**********************






Edla Princesa
Enviado por Edla Princesa em 14/09/2011
Reeditado em 14/10/2011
Código do texto: T3220106
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Edla Princesa
Boa Esperança - Espírito Santo - Brasil
1273 textos (26888 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/09/14 20:20)