Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



A ROSA E O JASMIM



Bem vestida estava a rosa
agarrada ao bonitão!
Para o jasmim se fez prosa,
Deixou o cravo na mão!

Kathleen Lessa




Os amigos resolveram acompanhar a sedutora rosa!
E o que não era CIRANDA, cirandô virô! (rss)

CIRANDA EM TROVAS


De Reneu do Amaral Berni:

Há tempos houve uma briga
debaixo de uma sacada
e a razão pra tal intriga
só hoje foi explicada!


De Milla Pereira:

O Cravo se irritou
quando viu toda essa treta!
E a Rosa se afastou
p'ra ficar com a Violeta.

De Aldo Lopes:

Ao ficar co'a Violeta
 a Rosa sofre um montão,
 pois o povo, que é careta,
 já rejeita a relação! 
----
Por não viver de paixão,
a rosa é só tristeza,
não desperta a afeição
nem do brinco-de-princesa!

De Henricabilio:

A Rosa tem seus espinhos,
unhas com que me mordeu. 
Tá com Jasmim em carinhos... 
Mas mais logo Cravo_teu!

De Helena Morais:

E a linda e doce rosa,
falava com seus botões:
"Esse cravo hoje me paga,
pelas suas traições..."

De Ana Maria Gazzaneo:

Rosa e Jasmin em idílios,
tal qual Romeu e Julieta,
não desconfiam de arreios:
ciúmes do Cravo em treta!

De Charlyane Mirielle:

O cravo, entristecido,
perdeu seu rumo na vida
foi chorar o acontecido
nos braços da margarida.

De Saji Pokeo:

Um triângulo amoroso,
bem no meio do jardim.
O cravo se fez de gostoso
e perdeu para o jasmim!

De Gianluca Garbatti:

A mais cheirosa das flores,
penso, não tem coração.
Desperta muitos amores,
mas não seentrega à paixão...

De Eva de Fátima :

Rosa vestida de festa
deixou o cravo carmim.
Aliou-se toda fresca
ao bem cheiroso jasmim.

De Walter BRios:

Cravo, Rosa e Jasmim...
O triângulo amoroso
que enfeita o jardim
é também um trio cheiroso.


De José de Castro:

A rosa ama o jasmim,
que beija a açucena,
que abraça o cravim,
que se casa com a verbena.


De Hélio Pequeno:

O Jasmim é bem cheiroso
mas enjoa com o tempo...
Cabe ao Cravo amoroso
perdoar Rosa do intento.


De Sophia Gottlieb:

O jardim não é  mais o mesmo
com tamanha confusão!
A Rosa que deu desprezo
vai ficar na solidão.


De José Alberto Lopes(JAL):

O cravo e o beijo

O cravo brigou com o beijo
por causa da rosa -nina,
o cravo saiu magoado
e o beijo saiu de fina.

Se eles então soubessem
das dálias e margaridas,
hortênsias e azaléias,
não teriam suas feridas.

Porém o cravo machista
voltou com o beijo brigar,
impondo o ponto de vista,
desaforos nunca levar!

E a rosa num tom "Rainha"
vislumbre desse jardim,
deixou os dois numa rinha,
e saiu  com o jasmim!

De Angélica Arantes:

Deixando o Cravo na mão
a bela e formosa rosa
desfolhada foi ao chão
deixando de ser formosa.



*
Com chave de ouro encerramos essa Ciranda:
da poeta PAULA BAGGIO , um poema que abrange 
os versos de todos os participantes.
Muito obrigada, amiga Paula, e obrigada a todos os amigos
que vieram cirandar!


"Reneu falou de intriga,
A Milla da violeta
O Aldo do sofrimento,
Parecendo uma vendeta.

O Henri pensou em espinhos,
E a Helena em vingança!
A Ana dos desalinhos
Do cravo feito criança.

A Charlyane adicionou,
A margarida no jogo,
O Saji já decretou,
Ninguém do jardim é bobo!

O Gianluca falava
Da rosa como vazia
Enquanto a rosa dançava
Para Eva em fantasia.

O Walter lembrou que cheiroso,
Era o triangulo amoroso,
Mas longe pensar na cena,
Que o José fez pra verbena.

A Ângela lembrou orgulhos,
Do cravo que foi traído,
Hélio levou de embrulhos,
A vontade do “ferido”.

A Sophia já viu que tudo,
Que começa em confusão,
Termina com alguém cornudo
Na mais triste solidão.

E como diz a Marisa,
O que faltava é paixão!
Que no fundo é a baliza,
Que rege o coração.

Kathleen, agüenta amiga!
Esse resumo do drama,
Que começou com a briga,
Do cravo e a rosa na cama.

E inventaram na música,
Só para criança saber,
Que foi em uma sacada,
Mentira que faz doer!"



foto:   Sonia M.R. Furtado


____________CIRANDA ENCERRADA___________



 
KATHLEEN LESSA
Enviado por KATHLEEN LESSA em 08/11/2007
Reeditado em 30/09/2014
Código do texto: T729386
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
KATHLEEN LESSA
São Paulo - São Paulo - Brasil
3682 textos (2417213 leituras)
14 áudios (7527 audições)
36 e-livros (49909 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 17:38)
KATHLEEN LESSA