Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os sonhos de Jean e Debora. Parte 9.

Então vamos à bela história...
Vamos ao nosso conto encantado!
Ao que dizem ser à mais bela inspiração!
- Daquele que entre todos, é o mais belo sábio!
Pois ele fala sobre amor, sobre algo que é platônico!
E é por isso que estou encantado, com à sabedoria dele!
.
O tempo passou muito devagar mas enfim, o dia tão esperado chegou, mas eu estava tão nervoso que já nem sabia mais, o que eu tanto queria perguntar à ele... Mas ele realmente se mostrou ser um sábio pois só foi chegar ao seu lado, que já fiquei encantado!
.
- Sim, ele me surpreendeu!
.
.
Eu já tinha visitado essa cidade uma vez e também foi com Debora mas agora estamos indo à cidade, para nos encontrarmos com um certo sábio... Demorou mas finalmente Debora está indo comigo; até o tal sábio. Dizem que ele é o mais sábio que existe, quando o assunto envolve o amor, pois dizem que ele é como a fonte de inspiração, para o poeta e a perfeição que existe na canção, para o compositor. E as pessoas também dizem que falando sobre amor, ele é mais que um senhor!
.
.
Eu esperei mas finalmente pude vim com Debora à essa cidade e juntos conseguimos encontrar aquele Homem, o Homem que guardava à história sobre aquele lugar, o Homem que poderia dizer se tudo era um mito ou se era uma história verdadeira... Alguns dizem que essa história é uma farsa mas eu vim aqui porque eu queria encontrar, à verdade sobre a tal história... Mas o meu desejo não era apenas conhecer à história mas sim, poder pedir um conselho à esse Homem, a esse senhor, que todos diziam ser o mais sábio e conhecedor; do amor... Pois diziam que ele era o único, que poderia me dar à salvação, a solução; para à minha angústia... Mas não vou dizer à Debora; que desejo pedir um conselho à ele. Pois ela já sabe que todos que pedem um conselho ao sábio, têm que deixar um beijo guardado, naquele lugar... E é por isso não sei se Debora vai me deixar pedir um conselho, ao tal sábio!
.
- Mas mesmo que ela não deixe, ainda assim irei pedir um conselho à ele, pois eu preciso e eu não sei se é certo dizer mas a minha resposta, tem que chegar depressa... E é por não ter ninguém para me ajudar, que vim aqui, atrás desse senhor, do Homem que dizem ser um sábio, que dizem ser o mais incrível conhecedor; do amor... E é por isso, e é por saber que só existe ele, que vim aqui para pedir ajuda!
.
.
Chegamos na cidade quando o sol ainda estava brilhando mas antes de chegarmos na casa do sábio, o sol já ia embora... Debora não tinha pressa mas eu queria muito, conhecer logo esse sábio. Os outros sábio da cidade não nos deixavam passar, pois todos queriam conversar mas eu estava apressado então falei com Debora e enfim, fomos ao encontro; fomos encontrar o tal sábio... O tempo era muito curto e também já estava anoitecendo; por isso eu não sabia, se ainda teríamos muito tempo... Então me apressei e o chamei e enfim, o sábio apareceu... Um pouco desesperado tentei falar com aquele sábio mas não poderia dizer toda à minha situação pois Debora estava bem ao meu lado, mas eu já não tinha mais pressa por isso esperei à hora certa, para então poder conversar com ele, sozinho... O tempo foi passando e após ter ouvido um pouco da minha história, ele me pediu para que eu pegasse na sua mão e ao chamar Debora, fomos juntos à um lugar; que ele dizia ser, o seu recanto.... Então nos disse que lá, iria nos contar à sua história, mas que iria nos contar, como se fosse um conto e que daquele conto, teríamos que entender, tudo o que queríamos e buscávamos ali... As minhas pernas estavam tremendo, as minhas mãos estavam geladas... Pois ele me fez ficar de mãos dadas; o tempo todo com Debora!
.
.
Então agora é a hora, vamos lá, vamos conhecer mais uma história. Espero que Debora não tenha muita pressa, pois eu quero ouvir tudo; o que esse tal sábio tem para me dizer... Junto com Debora irei ouvir à história atentamente, e de mãos dadas... Realmente estou contente mas espero que essa história possa me fazer entender, o que realmente devo fazer... Eu vim aqui para pedir um conselho ao sábio mas pelo visto, ele já previa isso e é graças à isso, que ele irá me conta essa história e com ela, tentará me responder, o que nem si quer; eu pude lhe perguntar.... Vamos à história!
.
.
A história do sábio do amor!
.
.
.
Já sou um Homem com idade mas tenho de verdade, conselhos para dar para qualquer rapaz ou moça, que estejam apaixonados... Não sou alguém que diz ser bom mas me acho suficientemente bom, para auxiliar aqueles que precisam de um conselho... O que digo não tira o peso daquilo que carregas mas o que eu digo pode lhe dar uma nova visão, sobre o que está te machucando, te magoando e que também está te deixando triste e com o coração aflito... Algumas pessoas não entendem que o verdadeiro mito da nossa cidade já se foi e que sou apenas um aprendiz, um Homem que se dedicou e que com o tempo conseguiu entender, muitas coisas sobre o amor... Não sou o Homem que as pessoas dizem ser o mito, o sábio, o incrível Homem que sabe de tudo sobre o amor mas sim, sou mais um simples senhor mas tenho como louvor, um brado que exclama e expressa; romance e amor!
.
.
Na nossa bela cidade existe uma história e ela sempre tem que ser contada, antes mesmo que qualquer um, me faça uma pergunta para então ouvir uma resposta. Essa é a pequena forma que tenho e que à faço, para poder auxiliar às causas simples mas o meu amor é benigno e por isso; não deixo de me esforçar para dar um sorriso, para dar um conselho; a qualquer um que sofra ou que esteja angustiado ou aflito...
.
.
Muitas pessoas visitam essa cidade e vêm em busca da sabedoria, enquanto outras só querem uma simples resposta; daquilo que se perguntam ser o certo ou o errado; todos os dias... Alguns visitam à cidade, apenas porque querem conhecer um lugar encantado mas todos que vêm aqui, sempre saem mudados... Pois a nossa cidade não é tão simples quanto às outras por aí... Porque nessa cidade, todos nós somos chamados e nos portamos, como sábios!
.
.
O homem que todos chamam de sábio amoroso, já não está mais aqui mas ele me deixou aqui para contar à todos, uma linda história de amor... Uma história que foi escrita por ele e que eu conto para todos, antes de responder qualquer pergunta... Espero que tenham tempo porque daqui à algum tempo, os dois serão mais felizes... Espero que o que procuram, a própria história possa lhes dizer mas caso isso não seja possível, estou aqui e lhes digo, que por vocês; tudo eu farei... Alguns dos sábios que existem aqui, dizem que essa história é sobre um amor antigo, do antigo sábio amoroso mas outros dizem que é só uma história criada por um Homem apaixonado, belo e de cabelos grisalhos mas que costumava dar à todos os adolescentes, belos e perfeitos conselhos amorosos... Mas algo intrigava à todos pois todos os conselhos que ele dava, sempre era o mais certo e sábio à ser dado... Diziam que ele só tinha uma mente tão incrível e fértil, porque costumava ver muitos filmes românticos e por isso diziam que ele tinha muita inspiração mas isso se provava o contrário, sempre que alguém segura à sua mão e com os olhos cheios de angústia lhe fazia uma simples pergunta e ele respondia com muita sabedoria e até mesmo à mais triste menina, se tornava uma doce e feliz donzela!
.
.
Para mim ele é um Homem incrível pois antes de ir embora, ele conseguiu provar à todos que era muito mais incrível que muitos, falando sobre o amor... Por isso todos da cidade o nomeou, como o mais incrível, entre todos os sábios... E é por isso, que hoje ele é um grande mito, na cidade dos sábios!
.
.
Texto Paralelo!
.
O Atual Sábio...
.
O atual Homem que é chamado de o sábio amoroso é o Homem que se tornou o sábio do amor, após o verdadeiro sábio amoroso, desaparecer... Todos dizem que ele é o pupilo mais incrível do sábio mas acham engraçado o fato dele sempre contar aquela história, antes que qualquer um possa lhe fazer uma pergunta... Mas ele sempre diz que aquela história tem poder e diz que ela também consegue, dar muitas respostas e que ela já chegou à saciar o desejo de muitos... E que é por essa história já ter tanto poder que ela sempre é contada, antes que lhe façam qualquer pergunta... Mas o sábio que criou essa história disse assim à ele: Caso alguém ouça toda à história e ainda assim tenha duvidas lute, tente mas consiga apagar, todas as angústias e duvidas, dos corações dessas pessoas...
.
.
O sábio amoroso sempre dizia: Com amor, tudo pode ser curado.
.
.
Fim Do Texto Paralelo!
.
.
A história do Sábio amoroso!
.
.
Diziam que eu era o mais incrível conhecedor do amor, que eu tinha entre todos, aquilo que era o mais desejado; pois diziam que eu tinha nas mãos à mais bela e pura razão, a mais simples porém explicita explicação, do que seria o amor e a paixão... Diziam que eu tinha o nome de sábio amoroso por realmente saber tudo sobre o amor mas assim como os mais sábios podem ser surpreendidos por outras pessoas, um certo dia pude ser surpreendido por um menino, um garoto muito jovem e que ainda aparentava ter 25 anos, um rapaz bem apessoado mas que tinha no brado, um clamor de desespero... Ele estava vivendo um dilema que parecia que nunca poderia ter fim, os seus desejos, os seus sonhos, tudo poderia se ligar e se tornar apenas uma coisa; em um simples passe de mágica... O seu nome era Paulo Victor e diferente dos outros garotos, ele estava em desespero pois tinha no peito, algo que parecia ser amor, mas não era por apenas uma mas sim por três belas moças....
.
.
Na vida de Paulo existiam três garotas e o nome delas era...
.
Rosimeri
.
Aquela que ele descrevia ser como à rosa mais bela e pura, que existia na sua vida e que por ela ser uma linda rosa encantada, ele precisaria viver ao seu lado pelo resto da vida; para poder dar à ela, toda à paixão e amor que ela gostaria e precisaria, para viver feliz...
.
Paulo era um cara legal porém muito comum mas Rosimeri não era a única moça que balançava o seu coração, pois ele também tinha no coração, uma outra moça e ele à chamava de uma forma totalmente diferente....
.
Beatriz.
.
O seu nome é Beatriz e diferente de Rosimeri essa não era uma rosa mas sim uma linda e perfeita moça, que lhe dava felicidade, paz e harmonia... Em si ela era como a mais bela porém simples descrição, ela era a expressão da felicidade, da harmonia, da paz, da verdade... Ela era tão incrível que era muito necessária para ele, pois ela era a sua mais bela e perfeita descrição, Paulo dizia que Beatriz era a sua mais bela e pura paixão, a sua mais simples porém mais graciosa, dama encantada...
.
Mas ainda assim, mesmo com duas belas Mulheres ao seu lado, ele ainda se fez mais que bravo, mostrando que ainda tinha no coração, uma outra moça e o nome dela, era Poliana...
.
Poliana.
.
Poliana era como a essência da pureza, como a simplicidade que se mostrava em cada parte do corpo dele... Poliana não era uma Mulher simples, assim como muitas mas sim uma Mulher incrível mas incrível à ponto de ser entre as três, a que mais tinha pureza!
.
.
A história de Paulo!
.
Paulo tinha o costume de sempre ir visitar o sábio e lhe contar como vivia, como costumava encontrar às garotas mas no fim, ele sempre ouvia à mesma resposta... Infelizmente, Paulo demorou muito para saber o que realmente deveria fazer mas assim que ele encontrou à resposta, ele se tornou tão feliz, que seria impossível o definir...
.
.
Rosimeri era a moça mais bela da faculdade, ela encantava Paulo com as suas qualidades, com a sua bela forma de se expressar, com o seu sorriso doce, com os seus cabelos longos e negros; que pareciam ser tão incríveis, quanto a sua bela cinturinha fina... Mas a beleza de poliana não era perdida, pois Poliana tinha o mesmo costume mas isso, ainda no tempo de escola, Poliana era a sua melhor amiga, no tempo do colégio mas diferente das outras amigas, essa sempre teve o costume de se encontrar escondida com ele, em lugares realmente diferentes, eles tinham aventuras loucas e sempre diziam um ao outro, que aquele amor tinha nascido para viver para sempre mas ainda assim, sempre existia Beatriz, nos pensamentos de Paulo, pois Paulo namorava com Beatriz, deis dos seus 13 anos mas ele era um rapaz muito discreto, ninguém imaginava que ele poderia fazer o que sempre estava fazendo pois todos diziam que ele era puro, sentimental e verdadeiramente sincero, todos diziam colocar à mão no fogo por ele mas mal sabiam, que ele era como todos os outros Homens... Paulo não sabia o que fazer e foi angustiado ao encontro do sábio, o tempo passou devagar e dia após dia, ele visitava o sábio. Todas as noites ele contava o que acontecia e ao fim de tudo, sempre fazia à mesma pergunta, e o sábio sempre lhe dava à mesma resposta mas por ser de uma forma diferente, ele sempre saía de lá, ainda mais confuso... O tempo era curto e ele desejava se casar mas não queria que fosse com à pessoa errada pois ele sempre dizia que assim que se casasse, nunca mais trairia à sua Mulher mas ainda assim, parecia algo absurdo mas ele sempre dizia que com o casamento seria mais maduro, mais responsável, mais agradável, até mesmo para à sua esposa... Ele falava do casamento como algo verdadeiramente duradouro e por achar o casamento algo divino, dizia que nunca iria trair à confiança da sua esposa... Mas o sábio se intrigava pois achava que seria impossível, alguém que fazia o mesmo todos os dias, parar tão rápido assim...
.
.
Paulo decidiu um certo dia, uma certa noite, após receber um conselho do sábio, que se casaria com Beatriz, ele demorou mas enfim conseguiu entender que o amor era aquilo que sempre estava presente, que sempre estava nos fazendo lembrar da pessoa, que o amor era algo que não poderia ser explicado ou expressado pois ele havia sido criado; para ser sentido... Paulo demorou mas enfim foi encantado pelo sábio e o sábio muito encantado pediu para que ele pudesse lhe visitar mais algumas vezes pois ele já estava muito acostumado, com as visitas de Paulo... Então Paulo fez o seu casamento e realmente mudou, ele nunca mais traiu à sua primeira namorada e com o tempo eles foram felizes, até o último dia mas existia algo que parecia que Paulo não sabia, pois sempre que Paulo pedia ao sábio um conselho, ao fim da sua narrativa, de como havia sido o seu dia, ele sempre deixava para o sábio, um beijo... Esse beijo sempre era guardado em um lugar que ficava ao lado da casa do sábio, todos diziam que aqueles beijos tinham vida e muitos se fascinavam com aquele lugar... Muitas pessoas passavam por aquele sábio e sempre que iam deixar um beijo naquele lugar, conseguiam ver um grande beijo, que ficava lá no centro daquela sala, um beijo muito maior que todos os outros e por isso sempre perguntavam ao sábio: De quem é aquele beijo? Para quem ele é destinado? E o sábio sempre respondia à mesma coisa: Eu ainda não sei mas espero poder viver, para saber... Pois o rapaz que fez aquele beijo, me visitou muitas vezes e durante muito tempo, por isso todos os beijos que me deixou, se juntaram e se tornaram, aquele imenso beijo... Eu não sei em quem ele pensava, sempre que deixava um beijo, por isso é realmente impossível, dizer à quem eram destinados, aqueles beijos!
.
.
.
.
A história é muito simples e o que ela quer nos dizer é algo ainda mais simples, pois ela nos mostra que até mesmo o Homem mais infiel pode se tornar puro e verdadeiramente sincero; quando aquilo que ele quer, é algo que tem muita importância para ele. Por tanto, não busque nas pessoas à beleza, a forma que elas nos mostram mas sim à essência, aquilo que nunca mudará e que viverá para sempre com à pessoa... Procure o que é duradouro, aquilo que não muda assim como Paulo encontrou em Beatriz, que deis do início foi à sua primeira namorada e que graças aos conselhos do sábio, foi a escolhida e então se tornou, com o tempo, a única Mulher da sua vida!
.
.
.
.
Após ele ter me contado essa história fiquei um pouco curioso sobre esse lugar que existia esse tal "beijo" por isso perguntei à ele e ele me disse: Esse é o lugar que está ao lado da minha casa, um lugar diferente e que dizem ser tão mágico quanto o rio da nossa cidade... É um lugar encantado, que guarda os beijos das pessoas e que consegue fazer com que eles, possam ter vida. É um lugar incrível mas ninguém pode entrar ali exceto à fada das flores azuis, que todos os dias vem aqui, para ver esses lindos beijos... Parece besteira mas ela sempre chora, ao ver esse lindo beijo, que chama à atenção de todos pois ela diz que é algo muito triste, viver sempre dessa forma; viver esperando, quem tanto amamos!
.
.
Eu insisti mais um pouco e ele disse que me contaria um pouco, sobre à história desse pequeno lugar encantado. Então nos acomodamos e com Debora, ao meu lado, juntos nós ouvimos mais essa história... Mas eu ainda estava com as pernas tremendo pois eu ainda estava de mãos dadas, com Debora!
.
.
.
O sonho de um beijo!
.
.
.
Por muitos anos, naquele lugar foram guardados muitos beijos e até existe uma história, sobre um rapaz, que amava três belas moças, que visitava o sábio todos os dias e sempre lhe deixava um beijo; ao lhe pedir um conselho. Diziam que todos os beijos que ele deixou, se tornou apenas um e é graças a isso, que esse rapaz se tornou um mito e graças a ele, criaram essa história.
.
O seu nome era Paulo Victor e esse rapaz teve a honra de criar o beijo mais incrível, que existia naquele lugar. Por muito tempo ele deixou muitos beijos ali e todos eles se juntaram e com o tempo se tornara, apenas um. Sim, os beijos dele se tornou o beijo mais incrível entre todos e com o tempo, foi pegando ainda mais sabor e aos poucos se tornou, o beijo mais incrível do mundo. Paulo ainda era muito moço; quando deixou aqueles beijos, ali. O tempo passou, tudo mudou mas aqueles beijos dele se tornaram um mito, um mito tão incrível que fez com que todos se perguntassem, como ele tinha tanto desejo e tanto amor, para tornar todos os seus beijos, em apenas um.
.
.
Era algo incrível e a fada que visitava aquele lugar sempre dizia que ainda receberia, aquele beijo. Essa fada era uma sonhadora pois ela queria sentir o mais incrível entre todos os beijos, parecia algo bem ambicioso mas ela queria muito, sentir o sabor daquele beijo. Essa fada realmente se apaixonou por aquele beijo e graças à ele, ela visitava todos os dias, aquele lugar... Era o seu pequeno lugar secreto, era o lugar aonde ela ia, sempre que estava triste e querendo chorar... Ela nunca disse à ninguém mas por entrar todos os dias naquele lugar, muito triste e abalada, ela sempre deixava lá, alguns beijos; parecia ser meio bobo mas ninguém sabia disso... Os beijos dessa fada, saíam com uma cor bem vermelha e os seus beijos pareciam realmente, serem diferentes dos outros pois era como o sábio dizia: Esse lugar, é mágico e não pode ser expressado... Sim esse lugar era mágico, ele não mostrava apenas os beijos mas sim à pureza, que existia na alma, esse lugar também mostrava o maior desejo, que existe no coração das pessoas... Era meio bobo mas no caso da fada, sempre saíam lindos corações vermelhos mas no centro deles, existia o lindo desenho de uma linda rosa azul...
.
.
.
Ao lado da casa de um Homem muito sábio, existia um certo lugar encantado, um lugar que todos diziam ser incrível e ao entrar lá, qualquer um poderia sentir paixão, amor, afeição, e diziam até que ali, morava à perfeição... Era um lugar encantado e que nele exalava poderes mágicos, nós poderíamos ver de longe, que muitas pessoas tinham o desejo de ter o que existia ali dentro porque ali era um lugar que diziam conservar, os beijos dos mais apaixonados que existiam... Diziam que todos que visitavam aquele Homem muito sábio, lhe pediam conselhos e ao receber esses conselhos sempre davam à ele, com muito amor, um beijo. Aquele beijo ficava guardado naquele lugar e pouco a pouco, assim como o vinho que fica em conserva, todos os beijos que ficavam ali, ficavam ainda mais incríveis mas algo estava prestes à acontecer pois todos os beijos que estavam naquele lugar, estavam perto de encontrar, o destino tão sonhado...
.
.
.
.
Essa é uma pequena parte da história, da história sobre o beijo mais incrível que existe, e sobre o lugar aonde guardam os beijos mais incríveis, que existem... Esse lugar é encantado e realmente mostra ter poderes mágicos pois esse lugar é tão incrível, que chegou à chamar até à atenção de uma fada mas esse lugar também deu vida à um poeta e fez de um senhor, um sábio!
Jean Frases
Enviado por Jean Frases em 11/05/2017
Código do texto: T5996055
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jean.Frases). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jean Frases
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
535 textos (6410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 13:38)
Jean Frases