Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os sonhos de Jean e Debora. Parte 11.

A fada chegou até mim e me contou o que havia acontecido naquela tal visita, ela me disse que havia visitado um certo sábio, um Homem que ela sempre costumava visitar para lhe pedir conselhos, ela me disse que quando visitou esse sábio, após terem conversado ela pediu à ele, para que ele deixasse ela ir visitar aquele lugar, o lugar aonde são guardados os beijos mas por incrível que pareça, o que aconteceu com a fada, também já havia acontecido comigo mas eu preferir não dizer nada à ela, ela me contou como tudo aconteceu e eu vou contar à vocês mas saibam que o que aconteceu com ela, foi muito parecido, com o que aconteceu comigo antes... Mas eu me pergunto, o porque aconteceu com ela e comigo, eu não sei, eu realmente não sei mas tenho certeza que em algum momento dessa incrível história de amor, isso ainda será revelado...
.
- Então, vamos a história da fada!
.
.
.
A história do sonho da fada!
.
.
.
O meu nome é Beatriz, mais conhecida como a fada encantada das flores azuis, eu sou a responsável pela cidade e tenho como costume, visitar um certo Homem, que dizem ser o sábio do amor. Ontem fui visitá-lo e nessa visita, algo surpreendente aconteceu. Como de costume, conversei com ele por alguns momentos e novamente, assim como faço todos os dias; pedi para que ele me deixasse ver aquele lugar, o lugar aonde são guardados todos os beijos, daqueles que costumam lhe pedir conselhos... Dessa vez foi diferente, pois o que aconteceu, foi algo realmente surpreendente, eu não esperava, eu não pensei que aquilo iria acontecer mas felizmente; aconteceu!
.
.
Assim que nós abrimos a porta, tinha um lindo beijo no centro daquela sala, um beijo incrível mas tão incrível que era graças à ele, que todos os dias eu costumava visitar aquele lugar, aquele beijo era especial e o meu maior sonho era poder tê-lo em minhas mãos, eu sonhava em algum dia ganhar aquele beijo mas naquele dia, algo surpreendente aconteceu pois dessa vez, por incrível que pareça, existia um outro beijo e ele era tão belo, quanto o beijo que eu tanto desejava... Mas aquele beijo era diferente, e até mesmo a cor dele era diferente da cor do outro mas assim que a porta se abriu, aquele enorme beijo veio até mim e assim que fui tocada, eu simplesmente adormeci...
.
Eu sempre me perguntava o que aconteceria se eu recebesse algum beijo, daquele lugar. Não sei se esse beijo foi para que eu soubesse, não sei quem foi que deixou aquele beijo ali mas sei que aquele beijo, me fez adormecer por quase uma hora...
.
.
.
Eu demorei bastante tempo para poder acordar mas assim que acordei pude ver que o sábio amoroso não estava mais ali, ele havia ido embora mas havia deixado uma carta para mim, eu estava no sofá da casa dele, e nessa carta ele me pediu para descrever com ou sem detalhes; o que havia acontecido, enquanto eu estava "dormindo"
.
.
.
A carta perfeita, do paraíso!
.
.
.
Parecia que eu estava no paraíso, coisas estavam acontecendo mas tudo parecia ser uma cena de filme, era incrível, tudo aquilo era incrível, o tempo parecia estar parado, as folhas das árvores não se mexiam mas o vento, eu conseguia sentir. O meu corpo estava ficando arrepiado e pouco a pouco eu pude ver coisas acontecendo, então, felizmente, apareceu um rapaz mas eu não conseguia vê-lo, ele parecia ter o mesmo tamanho que eu mas por alguma razão, eu não conseguia ver o rosto dele, mas eu pude sentir tudo aquilo, como se eu estivesse acordada.
.
.
Mas rapidamente esse paraíso virou uma casa, não demorou muito e algumas crianças apareceram e me chamaram de Mãe, as crianças me levaram para perto de um Homem que ao me beijar, disse que eu era à sua esposa. E eu conseguia sentir aquilo, como se fosse real, tudo aquilo era realmente incrível e parecia mesmo que tudo aquilo estava acontecendo... Então eu pude entender que aquelas coisas aconteciam da mesma forma como imaginava a tal pessoa, que havia deixado aquele beijo para mim e eu não conseguia controlar, tudo acontecia exatamente como a pessoa havia imaginado, era algo mágico porque enquanto eu via aquelas coisas acontecendo, eu me sentia no paraíso...
.
- Naquele lindo e encantador lugar, eu estava realmente no paraíso. Não sei quem deixou esse beijo para mim mas pelo visto, deve me amar muito...
.
Tudo aquilo parecia ser um sonho, eu pensava até que estavam se passando vários e vários dias mas tudo era realmente muito mágico, tão mágico que enquanto eu sonhava com tudo aquilo, era como se eu estivesse realmente vivendo aquele momento...
.
Era incrível, era algo inexplicável...
Até parecia que eu estava vivendo tudo aquilo...
- E tudo acontecia, como se eu estivesse acordada!
.
.
.
.
.
Uma coisa deixou Jean um pouco curioso pois ele já sabia que a fada costumava visitar aquele lugar mas ele também sabia, que aqueles beijos que existiam ali, não eram para ela porque se ela tivesse entrado e algum deles fossem para ela, provavelmente isso já teria acontecido antes... Ele ficou um pouco curioso e graças a isso, resolveu ir falar com o sábio até mesmo porque, quando esse incidente aconteceu, o sábio foi atrás dele mas mal sabia ele, que era para eles conversarem, sobre esse tal acontecimento mas agora não é a hora de falarmos sobre isso, então vamos conhecer uma outra história, a história por trás da criação do primeiro livro mas isso não é toda a história ainda, é apenas um pequeno trecho.
.
Um pequeno trecho de como tudo aconteceu, até mesmo porque a própria história de como esse livro foi escrito, também será escrita e existirá no futuro, lá na nossa incrível livraria!
.
.
.
O livro de Jean, Debora e da Fada!
.
.
.
Assim que Jean recebeu a chance de criar o primeiro livro que seria publicado naquela livraria, ao seu lado estava a bela fada das flores azuis, por uma questão de acaso ou não, quem sabe. O dono da livraria fez com que ambos combinassem de criar o livro juntos e isso foi incrível, algo legal e bem divertido pois o livro se tornou entre todos os livros da livraria, o mais conhecido e um dos mais belos que a livraria tinha, aquele livro contava a história de um lindo casal, de um casal diferenciado, de uma Mulher muito diferente e de um rapaz, realmente belo! Essa história começou à se tornar um mito na nossa cidade e até começaram à dizer, que aquela história era uma história de amor que havia acontecido naquele lugar, porque naquela história existiam duas lindas moças, que eram apaixonadas pelo mesmo rapaz mas que elas não conseguiam se declarar para ele mas que no fim, as duas moças eram na verdade; apenas uma.
.
.
Diziam que aquela história, era sobre algum casal que existia na cidade pois assim que o livro foi escrito e publicado, algum tempo depois ele foi retirado e pegaram todas as copias que existiam e refizeram o livro, formaram uma outra história se baseando na antiga e essa história, se tornou o maior mito de toda a cidade.
.
Essa história parecia ter sido criada, para expressar algo que ainda estava oculto, algo que ainda não sabiam mas que todos, precisavam saber com urgência. Era uma história encantada e parecia até, ser um lindo conto de fadas... Era uma história incrível e era tão incrível que conseguia tirar o fôlego das pessoas e as mocinhas da cidade costumavam se juntar na praça, em frente a livraria, só para fazer comentários sobre o príncipe e sobre aquela bela história de amor... O dono da livraria então criou uma história, uma história não; ta mais para uma poesia.
.
- Que narrava belas garotas, que costumavam conversar sobre uma história de amor, sobre uma história que parecia muito ser verdade mas que ninguém, nunca soube, de onde realmente à história veio!
.
.
A história do primeiro livro é baseada nisso... Mas infelizmente, aquele quem criou o tal livro... Nunca disse à ninguém, de onde realmente veio à história... Porque os que leram o primeiro livro, diziam que tudo o que estava escrito, já não existia mais ali... E que o segundo livro realmente se baseava no primeiro mas que infelizmente, a história não tinha nada haver com a primeira!
.
.
.
.
.
Ainda não está na hora de saber tudo sobre o primeiro livro da nossa cidade mas existe algo que intriga à todos, algo que nunca foi explicado por Jean, pois todos o perguntavam à mesma coisa mas ele nunca respondia à ninguém... Eles tinham o costume de perguntar à Jean, o porque Debora não sabia de nada, sobre a história do livro, eles perguntavam o porque a parte de Debora, não trazia lembranças para ela, eles perguntavam à Jean o porque nem mesmo Debora, se lembrava de algum dia já ter escrito o livro com ele... Esse é mais um mito, que infelizmente, ainda não sabemos o que houve, quem o criou ou o porque, ele realmente tem que existir mas mitos como esse, podem nos surpreender no fim de toda bela história de amor...
Jean Frases
Enviado por Jean Frases em 29/06/2017
Código do texto: T6040560
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jean.Frases). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jean Frases
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
516 textos (5929 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 17:59)
Jean Frases