Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os sonhos de Jean e Debora. Parte 19.

O eterno romance de Jean e Debora. Parte 1.
.
.
.
Em frente à cerejeira azul, Debora ganhou sua verdadeira forma, como fada a sua missão já havia sido cumprida, agora estava na hora de conhecer a si mesma, de conhecer o seu futuro e como premio, desfrutar da cidade mais mágica que existe. Assim que Debora acordou, eu estava ao seu lado, ela me perguntou quem era e o que estava fazendo ali, eu tentei lhe abraçar mas ela não quis, ela se afastou e com a mão em meu peito me perguntou quem eu era e eu disse que iria lhe contar tudo, se ela me desse um abraço. Ela me abraçou e como prometido eu lhe contei uma história, não o que aconteceu de verdade mas uma boa parte, ela ficou sabendo...
.
.
Eu não sei se fui egoísta mas eu só contei o que aconteceu com nós dois, nada à mais que isso, passei um certo tempo com ela, naquele lugar, conversando e quando nós voltamos à cidade, existiam pessoas loucas à frente de uma casa, era a casa mais bela da cidade, ela tinha um lindo jardim de flores azuis e um pequeno rio, que passava no meio desse jardim, as pessoas gritavam e gritavam mas uma moça apareceu, ela se apresentou à todos dizendo que era a Rainha e por incrível que pareça, muitas pessoas acreditaram mas eu cheguei até ela e perguntei à ela, o porque ela era a Rainha e ela me disse que não sabia mas sabia, que ela era a Rainha da cidade.
.
Então apareceu um Homem que bateu em meu peito e me perguntou o porque eu estava falando aquilo com sua esposa, ele parecia estar bravo mas carregava em seus braços, uma linda moça, aquela mocinha parecia estar com muito medo mas à sua mãe apareceu, essa sim parecia ser uma Rainha, ela parou na frente de todos nós e começou a falar...
.
.
Eu não sei como foi aquilo mas naquele lugar, com todas aquelas pessoas, ela propôs uma votação. Essa sim, parecia ser uma Rainha, ela se apresentou como Rita mas aos seus pés estava aquela pequena menina, me perguntei como seria o nome dela mas nem precisei perguntar pois ela disse, que o nome dela era Maria. Essa Maria ficou com seus avós enquanto a sua mãe conversava com a multidão, ela estava fazendo uma votação que parecia ser justa mas o mais incrível é que apenas eu, estava contra aquela família.
.
O incrível não foi ter visto uma família tão unida assim mas sim ter visto em minha frente, que a família mais desconhecida da história, havia aparecido no primeiro dia, após a fada ter sumido, para dominar toda história. Mas isso não vem ao caso, o que importa é que todos votaram juntos e que essa Rainha, parecia ter conquistado o trono para dar à sua filha pois ela sim, parecia ser uma Rainha de verdade!
.
.
.
A família da Rainha...
.
.
.
O nome da nossa Rainha é Silvina, o nome do nosso Rei é Laurindo e o nome da filha da Rainha é Rita, o nome do Príncipe é Cleon Marcos e o nome dos filhos deles é Cleon Victor e Maria Eduarda... Essa é a família, que no futuro vai me nomear como o primeiro poeta da cidade e como o único conselheiro da Rainha, mas existem histórias sobre essa família, que vocês precisam conhecer, as histórias sobre tudo o que vai acontecer vai mostrar que até mesmo o príncipe e a princesa, também são bobos como as crianças, eles vão encontrar um lindo lugar, um lugar que eles irão chamar de: O berçário do amor! Será um lugar que todos da cidade irão visitar para fazer pedidos, para encontrarem um par perfeito, esse lugar era conhecido como o berçário das flores azuis mas agora ele tem um novo nome, pois o príncipe e a princesa, o nomeou assim... O Rei e a Rainha têm dois amigos, o nome deles é Leandro e Lidiane, um casal que se ama muito mas que ainda não conhecem um romance tão puro, quanto o romance deles, mas eles irão me conhecer, e também irão conhecer Debora, e assim eles irão nos admirar porque seremos o único casal, que irá se amar tanto quanto eles...
.
.
.
O futuro romance do príncipe e da princesa!
.
.
.
Esse príncipe não tem um cavalo branco, não tem uma voz forte e sedutora mas tem sabedoria, tem audácia e é incrível, mas ainda mais incrível que muitos outros príncipes encantados... Esse príncipe não foi feito por um lápis ou desenhado por um artista famoso, mas esse é o príncipe do povo, o príncipe da princesa mais dócil da nossa cidade... O seu nome é Cleon e o nome da sua amada é Rita, parece brincadeira, parece mentira, mas esse casal vai mostrar que mesmo sendo príncipe e princesa, ainda podem passear ao lado de todos na cidade, porque essa cidade não é como as outras, esse conto de fadas não é como os outros, e essa história não é como as outras são...
.
E aos poucos eu lhes apresento...
A história do príncipe e da princesa...
Da bela e perfeita, cidade das flores azuis...
.
.
.
A história de Leandro e Lidiane, o casal perfeito!
.
.
.
Eu não sei nem o que deveria falar sobre esse casal, porque esse casal parece um reflexo meu e de Debora, eles se apaixonaram quando eram crianças, viveram uma história de amor deis dos seus primeiros anos de vida, a história deles não começou na nossa cidade, mas eles já chegaram aqui, sendo perfeitos.
.
.
Esse casal não nasceu para ser separado e nem nasceu para ser esquecido, esse casal poderia até ser o casal mais incrível da nossa história mas é difícil dizer, porque na nossa história existem muitas histórias lindas, e a história desse casal não conseguirá nos fazer esquecer de todas as outras histórias, mas esperem que vocês irão conhecer, vocês irão entender, que a história desse lindo casal, é tão bela quanto a minha e a de Debora.
.
Eles se conheceram com 5 anos...
Se beijaram pela primeira vez com 13...
Eles têm a mesma idade, mas a maturidade não é igual...
Porque enquanto uma é realista, o outro é um bobo...
.
É um grande bobo, mas é muito apaixonado por ela!
.
.
.
Essas histórias ainda serão contadas, dizem que a história da nossa Princesa não poderá ser muito longa, porque logo logo, a nossa bela Princesa vai se tornar a nossa Rainha...
.
.
.
Alguns dias se passaram e a livraria da cidade publicou o meu livro, o meu primeiro livro e o primeiro livro da nossa livraria, naquele lugar existia uma placa, ela dizia que qualquer pessoa poderia criar histórias e poesias e deixar ali, que muitos poderiam criar até mesmo os livros e entregá-los prontos, que a própria livraria faria as copias e passava à todos, naquela livraria ninguém comprava livros, só poderiam pegá-los e usá-los e depois, as pessoas deveriam devolver... Essa livraria chamou à atenção da nossa bela Rainha Silvina, ela foi uma das primeiras pessoas que leu a minha história e por isso, me chamou para conversar com ela, ela achou um pouco estranho e ficou se perguntando o porque o único que ficou contra ela, sabia tanto sobre à cidade, ela me perguntou se todos os lugares que eram narrados na história existiam e eu lhe disse que sim, ela me perguntou o porque o nome do livro era Os sonhos de Jean e Debora e eu lhe disse, é porque o livro foi feito por mim, pela minha esposa e pela fada, que protegia à nossa cidade, ela ficou um pouco confusa e me fez explicar algumas coisas e como Rainha, ela quis me obrigar à contar tudo mas eu lhe disse que não poderia, ela ficou bem chateada pois queria muito saber o que havia acontecido, mas ela é muito esperta e me nomeou naquele momento, a partir daquele momento, o único poeta da cidade...
.
.
Eu fiquei muito feliz, o meu sonho deis de criança sempre foi ser um poeta e ela havia realizado, fui embora muito feliz mas infelizmente, dois dias depois ela me chamou e de novo, tentou me fazer falar sobre à história da cidade mas eu não queria contar a verdade, que existe por trás da história... Mas ela é a Rainha e poderia fazer qualquer coisa, e pensando nisso combinei com ela o seguinte, lhe disse que iria preparar um novo livro e que esse livro iria contar tudo, tudo o que não existia na história do outro livro e que lhe daria, assim que ela entregasse à sua coroa à sua filha Rita. Ela ficou um pouco chateada pois não pensava em passar a coroa à sua filha mas ela aceitou porém, ao mesmo tempo ela tentou me forçar a dizer, me nomeando como o seu braço direito, eu não poderia recusar, então eu fiquei...
.
.
Como o braço direito da Rainha, me tornei amigo da família, a Princesa Rita e o Príncipe Cleon eram muito amigáveis, eles me contavam muitas histórias sobre o belo passado que tinham e com isso, eu comecei à criar um livro para eles, mas um livro que pudesse contar uma linda história fictícia, sobre Cleon e Rita...
.
.
O livro de Cleon e Rita ficou um pouco grande, mas assim como o livro de Leandro e Lidiane, esse lindo livro, também será narrado no meio da nossa linda história de amor!
.
.
.
Comecei à escrever o livro que iria dar à Rainha mas ela muito ansiosa, disse que iria passar a coroa à sua filha. Eu não sei se isso deveria ser tão rápido, mas ela prometeu que assim que eu terminasse o livro, ela iria passar a coroa à sua filha... Rita parece ter ficado feliz mas depois de um tempo, viu que isso iria prendê-la ainda mais mas ela queria muito melhorar aquela cidade, ela queria muito melhorar à forma como nós vivíamos, por isso ela aceitou com muito amor, o que sua mãe lhe disse. Cleon e Rita é um casal muito apaixonado mas assim como Leandro e Lidiane, eles começaram sua linda história de amor, fora daquela linda cidade mágica, hoje essa cidade é aceita por eles como um premio, um premio que eles ganharam de Deus por terem o desejo de viver até o último dia de vida juntos...
.
.
.
Graças a Rainha eu havia me tornado o braço direito do reino, a nossa cidade estava sendo comandada pela Princesa e pelo nosso príncipe, a Rainha e o Rei já não faziam mais nada, a nossa Rainha nos disse que isso era para que a Princesa soubesse o que iria fazer, assim que assumisse o Reino dela mas infelizmente, ainda estava muito no início e eles ainda nem tinham um castelo, então como o braço direito do reino, eu lhes contei a última história que a fada das flores azuis havia me contado, a história era sobre um castelo, um castelo perfeito, que existia na nossa cidade... E esse, se tornou o castelo da família da Rainha, era o único castelo que existia na nossa cidade mas era tão belo, que nem um conto de fadas, tinha um castelo como aquele... E foi após ter contado isso, que ganhei ainda mais trabalho, por conhecer toda à cidade, a Rainha me pediu para sair para mostrar à todos do castelo, os lugares mais incríveis que existia na nossa cidade, mas os mais incríveis já haviam sido escritos no livro, então tive que levá-los aos lugares que eles já sabiam como era, mas por incrível que pareça, eles pensavam que tudo o que estava escrito naquele livro, era mentira...
.
.
Primeiro levei o Príncipe e a Princesa, mas alguns lugares eles já conheciam, eles já haviam andado por muitos lugares da cidade, por isso alguns lugares eles já conheciam, lhes contei algumas histórias mas as histórias, eles não conheciam. Os levei na cidade do faz de conta e lhes apresentei ao maior sábio de toda nossa cidade, e eles contaram à ele a linda história de amor que tiveram e foi graças a isso, que me apaixonei ainda mais, pela linda história de amor desses dois... Parecia mentira, o maior sábio entre todos, o sábio do amor, havia sido encantado, pela história do Príncipe e da Princesa, eu fiquei fascinado mas eu também estava apaixonado, pois aquela história era muito linda mesmo, mas ela será contada, e como em um passe de mágica, essa linda história irá mostrar que até mesmo o pior lugar, pode dar vida ao melhor Príncipe e a melhor Princesa...
.
.
.
Pelo visto o fim dessa história, ainda está muito longe...
Então vamos conhecer melhor, essa linda história?
.
- Espero que goste... Esse conto é para você!
Jean Frases
Enviado por Jean Frases em 30/07/2017
Código do texto: T6069020
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jean.Frases). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jean Frases
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
533 textos (6370 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 11:53)
Jean Frases