Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tudo sobre o futuro casamento!

Achei bastante estranho, quando Nathy me levou para ser testemunha junto com ela, no futuro casamento da prima dela, sendo que ela só tinha me dito que iríamos vim aqui, para conhecermos o lugar e saber quando seria o casamento da prima dela, o mais estranho foi que o tal casamento, foi marcado um dia antes da gente ir embora mas o mais estranho é que quando Nathy e eu fomos assinar os papeis, assinamos como Marido e Mulher, na hora eu não falei nada mas aquilo ficou na minha cabeça e eu fiquei me perguntando se realmente era aquilo mesmo; que tinha acontecido e só agora, eu percebo tudo!
.
.
A moça Nataly está sentada nas escadas da igreja, eu ainda estou no altar, olhando ela bem de longe, estou sorrindo porque ela não sabe, que dessa vez, sou eu quem vou à surpreendê...
.
.
Eu já estava casado com Nathy mas ela pensava que eu não sabia disso, tudo aquilo foi uma armação então decidir armar pra ela também, dessa vez a surpresa será por minha conta, e é ela, quem ficará surpresa... No bolso do meu terno, existe um lindo presente para ela, um presente que vai mostrar o quanto ela é importante para mim mas também o quanto aprendi com ela, é um presente que vai demonstrar que até mesmo a moça mais sábia, também pode ser enganada... Esse é o presente que vai me dar força, que vai me inspirar, durante a vida inteira!
.
.
.
Eu disse a mim mesmo, não irei sair daqui desse altar, antes de me casar com ela, mas será ela, quem irá vim até mim...
.
.
.
Enquanto isso, parado no altar, sendo visto por muitas pessoas, sorrindo e muito feliz, pude ver no rosto das pessoas, uma certa raiva de mim, as pessoas pensavam que eu estava zombando da tristeza de Nataly mas as pessoas que estavam ali, mal sabiam o que eu tinha preparado para ela... Olhei para o relógio que marcava cinco horas e meia, infelizmente o Padre ainda não tinha chegado, existiam muitos convidados mas os noivos ainda não tinham chegado, achei um pouco estranho mas pouco a pouco, pude descobrir o que Nataly, sempre esteve tramando...
.
.
Ela fez tudo isso, para se casar comigo...
Diferente de mim, essa moça é muito audaciosa...
Ela parece conhecer os meus recantos mais íntimos...
Ela parece conhecer o que existe de mais incrível em mim...
Ela consegue despertar, o que eu pensava não existir!
.
.
Bastante brava, ela pegou as alianças que tinha comprado e as jogou fora, bastante chateada, com o vestido todo manchado, sujo por causas das suas lágrimas que borravam sua maquiagem e pouco a pouco pingavam em seu vestido, ela chorava e triste e amargurada, se sentia traída, trocada, mas isso já iria mudar...
.
.
De repente, ela olhou para trás e me viu sorrindo...
Ela não entendeu nada, por isso ficou bastante brava...
Ela olhou com raiva e se preparou para.....
.
Mas antes que ela fizesse algo, eu
olhei para o meu relógio e com um lindo
sorriso no rosto, eu gritei para todos ouvirem...
Nataly, eu amo você!
.
Mas parecia que isso tinha deixado ela ainda mais furiosa mas quando ela iria gritar, apareceu um lindo carro atrás dela, era um carro de recados, um Homem com um microfone na mão; chegou falando o seu nome... Ele perguntava: Moça, o seu nome é Nataly? E toda borrada, com o vestido sujo, ela respondeu que sim mas foi ai, que a melhor parte da surpresa, se tornou realidade!
.
.
.
Ele foi até ela e leu uma carta que dizia assim: Eu não acreditava no amor, eu não conhecia a realidade sobre ele, nunca soube que realmente existia, apenas pensava ser uma mentira, uma linda e prazerosa mentira, que todos viviam querendo ter sua posse... Eu não sabia que um dia, poderia chegar à sentir um amor de verdade, sempre achei que o amor fosse mentira mas graças a você, tudo se tornou ainda mais incrível porque foi comigo, foi ao meu lado, foi bem no meu peito, que eu pude sentir o verdadeiro amor criando vida e crescendo pouco a pouco. Obrigado é muito pouco, um eu te quero também é, apenas um dia é muito pouco por isso te peço mais que um ano, bem mais que dez anos, te peço todos os seus dias e todos os seus anos, te peço que me deixe ser feliz mas ao seu lado, que me deixe sorrir mas com você nos meus braços, te peço que seja a minha esposa, que se torne a minha alma gêmea, até o meu último dia de vida!
.
.
.
Eu estava um pouco longe mas ela começou à correr e veio até mim, ela batia no meu peito com as mãos e com lágrimas me perguntava o porque eu tinha feito aquilo, o porque tinha feito ela chorar e eu disse que queria vê-la feliz, que queria fazê-la feliz mas do meu jeito bobo e sem lógica... Mas então eu lhe perguntei, me ajoelhei na sua frente, tirei do bolso do meu terno aquela linda caixinha vermelha, e perguntei com toda firmeza: Nataly, você gostaria de se casar comigo?
.
.
Uma mão foi até à sua boca, nos olhos as lágrimas escorriam, a mão esquerda foi estendida e mesmo sendo difícil para falar, ela disse que sim, e pulando em cima de mim, me encheu de beijos e enquanto isso, todos estavam emocionados, aqueles que me olhavam com raiva, agora estavam emocionados, agora todos queriam ver o nosso casamento, então o Padre chegou e nos perguntou se eramos nós, que iríamos casar e eu disse que não mas Nathy sorriu e disse que sim, que eramos o casal que iria se casar e então ela me deu um beijo, e foi embora correndo...
.
.
.
Eu não entendi nada, de repente apareceu a prima dela na porta, levou ela pelo braço e saiu correndo com ela, o tal marido dela apareceu e me explicou tudo, ele disse que estava tudo pronto, que ela iria ir colocar o seu vestido de noiva e que eu deveria ficar pronto, porque ela já estava voltando... E então ela chegou, ela estava na minha frente, com o seu lindo vestido de noiva, linda como sempre mas dessa vez ela estava muito mais linda, e ela já estava com um outro buquê de rosas brancas...
.
.
Eu respirei fundo e finalmente aceitei, que a partir daquele momento, iria finalmente me tornar, o marido de Nataly!
.
.
Mas antes que o casamento aconteça,
vamos entender o que ainda não foi explicado...
.
.
Eu não sabia mas na frente da igreja, tinha um carro esperando tudo isso acontecer, enquanto Nataly chorava, eles conversavam com ela lá na frente da igreja, como eu não havia saído, não pude ver o que estava acontecendo, quando Nataly jogou as alianças no chão, uma outra moça que estava dentro do carro com o seu vestido, pegou essas alianças e guardou, depois ela devolveu à Nathy mas ela não chegou a usar essas alianças, até mesmo porque eu já havia comprado as nossas alianças...
.
.
Nataly havia preparado tudo mas ela não previa, que eu iria descobrir tudo e iria virar o jogo contra ela, que eu iria fazer da sabedoria dela, o que iria à confundir... O que eu tinha comprado na joalheria era os nossos anéis de casamento, porque eu já desconfiava que ela iria fazer algo desse tipo... Mas aconteceu o inexplicável...
.
Nataly me contou que a cerimonia era nossa, que não seria a sua prima quem iria se casar mas sim nós dois e que era por isso, que ela chorava tanto nas escadas da igreja, ela só estava triste assim porque pensava que eu tinha estragado tudo...
.
Essa é a pequena explicação, um pouco sem noção eu confesso mas foi assim que as coisas aconteceram... Agora, vamos ao casamento, ao casamento desse belo casal...
.
.
E essa é a nossa próxima parte...
Título: O casamento de Jean e Nataly!
Jean Frases
Enviado por Jean Frases em 03/08/2017
Reeditado em 07/08/2017
Código do texto: T6072863
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jean.Frases). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jean Frases
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
516 textos (5929 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 17:59)
Jean Frases