Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O milagre de Natal da Pastorinha Maria

Era uma vez uma aldeia distante de tudo, metida no meio dos montes com estradas muito precárias e difíceis, para terem ideia tinha gente que saia uma vez por ano daquela aldeia pois quase nem carros tinham acesso a ela. Todos os habitantes da aldeia produziam quase tudo que era necessário a sua sobrevivência porque não tinham acesso as coisas básicas para o dia a dia.
Em toda a aldeia quase não existiam crianças porque os mais novos partiam para as grandes cidades e outros imigravam para obter uma vida melhor, restavam cinco crianças que nem escola tinham.
Eram 4 rapazes e uma menina de nome Maria, linda de olhos verdes, tranças loiras e bastante robusta para a sua idade, Maria tinha oito anos e tomava conta das ovelhas da sua família ia com elas para os montes e pastos onde passava horas sozinha sem ninguém somente como seu fiel companheiro o seu cãozinho Bobi.
Maria não tinha brinquedos somente uma boneca de trapos que sua mãe fez com meias e restos de roupas muito desengonçada e feia mas que para ela era a mais bonita boneca pois nunca tinha visto mais nenhuma.
A sua boneca andava sempre com ela era a sua companhia e seu cão logo cedo as 5 horas da manhã a Maria se levantava e pegava nas suas ovelhas e seguia com o magro almoço e lanche para os pastos, ela sentia sempre tão sozinha e triste pois nunca tinha ninguém para brincar com ela as vezes ela sonhava acordada com uma vida diferente e perguntava quando seria crescida para poder sair da sua aldeia como os outros que imigravam para longe dali.
Era Dezembro o belo manto de neve já cobria aldeia e Maria ficava em casa pois era difícil a cessar os montes e muito perigoso com os lobos, ela ajudava a mãe em outros serviços da casa e da sua quinta, depressa chega o Natal e toda a sua festa mesmo sendo aldeia afastada todos se ajudavam, juntavam e faziam uma grande festa.
Uns matavam o porco e outros faziam outros serviços, desde cozer o pão e fazer os doces.
Maria adorava o Natal era quando sentia menos sozinha e sempre andava ocupada, alegre e cantando feliz mas ela tinha um grande sonho desde menina conhecer o pai Natal escutava a falar que existia um pai Natal em algum lugar que levava presentes aos meninos na sua aldeia era o menino Jesus mas ele nunca tinha tempo de passar pela sua aldeia porque nunca tinha uma única prenda no Natal e o seu sonho era ter um lindo presente do Pai Natal que tanto lhe falaram.
Chegou a véspera de Natal e Maria foi a igreja rezar ao menino Jesus para pedir o seu presente e coitadinha com as lágrimas correndo pela face ela dizia " Oh! Menino Jesus eu sei que estas ocupado com os outros meninos mas pede ao teu amigo Pai Natal que não se esqueça de mim por favor este ano" e assim ela foi para casa ajudar a sua mãe.
A noite chegou estrelada e a lua reflectia os seus raios na neve branca estava linda demais aquela noite, Maria olhava para o céu e viu uma bela estrela cadente rasgar o céu e pediu o seu desejo.
Foi uma bela festa a Maria foi para casa cansada demais para pensar no seu pedido e adormeceu mas antes agradeceu aquela noite ao seu amigo Jesus nas suas orações.
A manhã chegou a sua mãe acordou a Maria ansiosa e confusa demais,  na lareira da casa estava um lote de presentes para a Maria e uma carta, Maria sorria de felicidade, engraçado ela abriu primeiro o envelope e que estava escrito assim;
" Para a minha adorada Maria
Maria tu és uma boa menina, eu sei que te sentes sozinha mas não estas pois Jesus escutou o teu pedido e quis dar este belo presente de Natal.
Continua a ser a bela menina que sempre foste até hoje
O teu pedido foi atendido e não teras mais Natais sem presentes.
Um beijo do teu amigo Pai Natal "
Maria chorava com tanta alegria aquela carta já era um presente grande para o seu coração a sua mãe e que não entendia nada de nada.
Ganhou uma bela boneca, um livro que mostrava como era o mundo e outros lugares, uma bicicleta e uma bela bolsa que ela tanto queria
Foi um belo milagre de Natal afinal dizia a Maria o Pai Natal existe...
Betimartins
Enviado por Betimartins em 01/12/2007
Código do texto: T760621

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Betimartins
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
1675 textos (97501 leituras)
9 áudios (899 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 02:37)
Betimartins